Menu
Busca domingo, 18 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

A 5 dias do "fim do mundo": conheça outros embustes astronômicos

16 dezembro 2012 - 22h03

"fim do mundo" de 2012 não é o primeiro e certamente não será o último embuste relacionado à astronomia que veremos. "Profecias" relacionadas aos maias, como a de um planeta que estaria em rota de colisão com a Terra ou que ocorreria um alinhamento cósmico raríssimo com o centro da galáxia, já foram desmentidas e explicadas inúmeras vezes. Mas outras "insanidades" já foram espalhadas, principalmente na internet. Confira algumas.

A aproximação (anual) de Marte
Marte é um dos planetas que conseguimos ver no céu - e muitas vezes confundimos com uma estrela avermelhada. O problema é que nem sempre é possível ver o astro, e isso levou a um dos mitos mais frequentes, o de que o planeta vermelho está se aproximando da Terra.

Segundo o observatório da Universidade do Texas em Arlington (EUA), por lá o mito reaparece todo mês de agosto, quando o céu do Estado fica ótimo para observação astronômica. O embuste é transmitido por um e-mail que conta sobre um "evento que ocorre uma vez na vida". Segundo o texto, Marte vai ficar "grande como a Lua Cheia", o que teria ocorrido pela última vez há 5 mil anos e não ocorrerá nos próximos 60 mil.

Como o rumor começou? Segundo o observatório, em 2003, Marte chegou muito perto da Terra - o mais próximo em 60 mil anos - e, mesmo assim, ele não passava do tamanho de uma estrela para quem o via no céu. Esse raro evento teria dado origem ao embuste. O evento voltará a acontecer, mas apenas em 2287.

Asteroide
Outro embuste frequente é o de que um asteroide está em rota de colisão com a Terra. Praticamente todo ano aparece algum candidato a "destruidor" da humanidade. Em um desses casos, a Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá) chegou a soltar uma nota, em 2010, chamando a farsa de "ridícula".

A mensagem que circulava na internet, era: "Um professor da Universidade da Colúmbia Britânica publicou online um artigo que projetava que um asteroide de 800 m atingiria a Antártida no outono (hemisfério norte) de 2012. Seu artigo esteve no site da universidade por dois dias antes de abruptamente desaparecer. Os dados iniciais foram obtidos com o Balão de Grande Abertura Submilimétrica - Blast - na estação McMurdo, na Antártida. O asteroide teorizado foi então encontrado pelo Telescópio Canadá-França-Havaí em Mauna Kea (Havaí), o qual provê as melhores imagens feitas do solo."

Segundo a universidade, o Blast realmente existe na Antártida e o telescópio Canadá-França-Havaí realmente consegue excelentes imagens astronômicas. "O resto é ridículo. O Blast não detecta asteroides. E ninguém poderia extrapolar a órbita de um asteroide recém-descoberto para prever que em dois anos ele atingiria a Antártida - assim como outros pontos na Terra. Tal artigo nunca apareceu no site de Física e Astronomia da UBC", diz a nota.

Curiosamente, a nota da universidade diz que o embuste do asteroide aparece anualmente, "em par com o 'Marte grande como a Lua Cheia', que circula pela web".

Planeta em rota de colisão
Essa é uma história que acabou "engolida" pelo embuste supostamente baseado no calendário maia. E a Nasa não cansa de desmenti-la. A agência espacial americana afirma que Nibiru é um planeta fictício".

"A história sobre o planeta fictício Nibiru e predições sobre o fim do mundo em dezembro de 2012 floresceram na internet", diz a agência em sua página no Facebook. "Nibiru e outros planetas errantes são embustes da internet. Não há base factual para essas afirmações", diz a Nasa em uma página dedicada a desmentir o "fim do mundo" em 2012.

"Se Nibiru ou o Planeta X fossem reais e estivessem em direção a um encontro com a Terra em 2012, astrônomos teriam encontrado eles na última década, e eles estariam visíveis agora a olho nu. Obviamente, eles não existem. Éris é real, mas é um planeta-anão similar a Plutão e vai permanecer nos confins do Sistema Solar; o mais próximo que ele vai chegar da Terra é cerca de 6 bilhões de km de distância", diz a Nasa sobre os diversos supostos planetas que estariam em rota de colisão com o nosso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Ministro da Fazenda da Argentina deixa cargo
ESPORTES
Seleção Sub-17: convocados para amistosos na Inglaterra em setembro
MS
Veículo pega fogo e fica totalmente destruído em acidente, na MS-276
MS
Motorista embriagado abandona carro no meio da rua com celular e pistola dentro
CULTURA
III Festival da Canção da UEMS será neste domingo em Dourados
BRASIL
Maior rendimento do FGTS exige atenção na hora do saque
CAMPO GRANDE
Motociclista morre após avançar via preferencial
MS
“Operação Divisa Segura VII” prende foragido da polícia
MS
Criminoso foge e polícia apreende carro “recheado” de maconha
POLÍTICA
Morre, aos 96 anos, o ex-ministro Roberto Herbster Gusmão

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente com morte pode ter ocorrido após motociclista ser fechado por carro
BR-163
Passageira morre após homem colidir moto contra placa de sinalização em Dourados
DOURADOS
Homem fica ferido após estouro de equipamento na Cabeceira Alegre
POLÍTICA
PSL lança nome para Prefeitura de Dourados e senadora descarta aliança com tucanos