Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

BB e Caixa terão empresa conjunta, mas negam fusão

20 janeiro 2004 - 18h34

O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal vão constituir uma empresa conjunta para gerenciar o compartilhamento da rede de atendimento aos clientes.No entanto, tanto o presidente da Caixa, Jorge Mattoso, quanto o do BB, Cássio Casseb, negaram que esse seja o primeiro passo na direção da fusão das duas instituições.O BB e Caixa anunciaram hoje que a partir de junho vão oferecer aos clientes a possibilidade de fazer saques e consultar saldos na rede de auto-atendimento e nos correspondentes bancários das duas instituições.A empresa que será criada vai reunir os bancos de dados do BB e da Caixa e deve facilitar a compensação financeira das transações que poderão começar a ser realizadas.A medida é necessária porque o BB, por exemplo, precisa saber se o cliente da Caixa que está realizando um saque em seu terminal tem saldo suficiente para fazê-lo.Mattoso e Casseb também garantiram que, apesar de passarem a ter uma empresa conjunta, a fusão dos dois bancos não está em estudo.Segundo Casseb, não há razão para a fusão. "A Caixa financia habitação e saneamento, o BB é forte em capital de giro e crédito para pequenas empresas. Cada um tem um segmento bem definido", disse. "A unificação dos dois bancos não está na ordem do dia", completou Mattoso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Menino de 5 anos é internado em estado grave após ser atropelado
SAÚDE
Trote solidário: UEMS incentiva doação de sangue e cadastro de medula óssea
CAPITAL
Garçom lambe orelha de cliente em bar e é denunciado à polícia
SAÚDE
Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas
LÉO VERAS
Suspeito nega execução de jornalista e teme queima de arquivo
ESPORTE
GP Rochedo de Ciclismo abre inscrições para prova dia 15 de março
SÃO GABRIEL
Peão morre atingido por hélice ao consertar maquinário em fazenda
SANEAMENTO
Sanesul executa obras de esgotamento sanitário em Antônio João
TRÊS LAGOAS
Motorista fica preso nas ferragens após colisão entre caminhões na BR-262
MEIO AMBIENTE
Bachelet critica 'retrocessos significativos' na política ambiental no Brasil

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira