Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Autor da PEC dos Jornalistas questiona declarações de Gilmar Mendes

10 dezembro 2009 - 14h18

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) discordou das declarações do Ministro Gilmar Mendes, que em entrevista à Folha Online nesta quarta-feira (9) criticou as iniciativas do Congresso Nacional em restabelecer a exigência do diploma de jornalismo para exercício da profissão. Para Pimenta, autor da PEC dos Jornalistas, o artigo 220 da Constituição Federal está sendo interpretado de forma equivocada.
 

“O Ministro Gilmar Mendes reinterpretou o desejo do constituinte, invadindo prerrogativas do legislativo, pois o artigo 220 sempre foi compreendido como uma trincheira contra a censura. Durante 20 anos, nunca algum jurista ou qualquer entidade da sociedade civil entendeu o diploma como uma barreira à liberdade de expressão. Analisei os anais da Constituinte e afirmo que a tese de Gilmar Mendes não tem respaldo no desejo do legislador que elaborou a Constituição de 88”, rebateu Pimenta.  
 

O deputado gaúcho afirmou também estranhar por que razão nunca houve por parte de Supremo Tribunal Federal a mesma preocupação em regulamentar outros artigos da Constituição na área da comunicação, como, por exemplo, o artigo 54 que proíbe deputados e senadores, desde a posse, manter contrato com empresas concessionárias do serviço público. “Estranhamente, assuntos como o que impedem a concessão de empresas de comunicação por parlamentares não têm espaço na pauta do STF”, questionou Pimenta.
 

O parlamentar ainda ironizou o fato de a grande imprensa ter repercutido somente o discurso de Gilmar Mendes e não ter ouvido nenhuma autoridade em favor da formação em curso superior de jornalismo. “Ao não praticar os princípios jornalísticos, reforça-se a necessidade do diploma para que a informação não seja tratada como mercadoria, sem atender o interesse público”.  
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Prazo para registro de candidaturas termina hoje
TV DOURADOS NEWS
IFMS abre 160 vagas para o curso de técnico integrado em Informática para internet
SAÚDE & BEM - ESTAR
Pandemia: o que será de nós, depois da máscara?
MARACAJU
Menina procura a avó e diz que foi obrigada a ver filmes pornográficos
CRISE AMBIENTAL
Papa cita na ONU 'perigosa situação da Amazônia e dos indígenas'
TAQUARUSSU
Ambiental autua quatro em R$ 8,4 mil e apreende 139 quilos de pescado
UEMS
Abertas inscrições para seleção de docentes temporários na área de Letras
TRÁFICO
Casal morador em Ponta Porã é preso com maconha em Minas Gerais
SAÚDE
Setembro Verde: Central de Transplantes realiza live no próximo domingo
POLÍCIA
“Ordem do presídio”, diz ladrão de 17 anos que atirou em caminhoneiro

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão