Menu
Busca domingo, 19 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Aulas do Mova-MS começam nesta quarta-feira

16 agosto 2006 - 08h24

As aulas da etapa 2006/2007 do Brasil Alfabetizado Mova-MS Alfabetizado terão início hoje, em todos os 78 municípios do Estado. A informação foi repassada pelo secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, ontem à noite, durante a aula inaugural do programa oferecida a mais de 300 supervisores, alfabetizadores e parceiros, no Teatro da Mace, em Campo Grande. Até o momento, o Mova-MS já cadastrou 31.257 alfabetizandos, que serão orientados por 1.419 alfabetizadores, em 1.874 turmas. O número de inscritos supera em 11.6% a meta de alfabetização estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) para Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, são 8.526 alfabetizandos que aprenderão os códigos da escrita e da leitura por 350 alfabetizadores, em 420 turmas. As aulas são oferecidas em locais alternativos, como salões paroquiais, associações de moradores e até mesmo na casa do alfabetizador, para que fique mais fácil para os alunos. Durante oito meses, os alfabetizandos aprenderão a ler e a escrever, a partir da realidade deles próprios, conforme a metodologia freiriana (do educador, já falecido, Paulo Freire). O Mova existe desde 2000, e mais de 115 mil pessoas acima de 15 anos foram atendidas.Para o presidente da Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Geraldo Alves Gonçalves, o início desta quarta etapa do programa, desde a integração ao Brasil Alfabetizado, do MEC, em 2003, é um momento de vitória. “Percebemos que o Mova, além de alfabetizar, aumenta as possibilidades de trabalho. Por isso, nós, professores, estamos muito felizes com o que está acontecendo”, afirmou, durante a aula inaugural. A representante da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher de Mato Grosso do Sul, Maria Estela Leme Brandão Soares, destacou que a equipe do órgão tem acompanhado as formações continuadas oferecidas aos supervisores e alfabetizadores do Mova para discutir a educação não-sexista. “Queremos construir a governabilidade em gênero, ou seja, fazer com que as políticas do governo promovam a igualdade entre homens e mulheres”, destaca, lembrando que a maior parte dos educadores do Mova é formada por mulheres. Ainda há tempo para quem tiver interesse em se alfabetizar ou em ser um alfabetizador. O prazo para o fechamento do cadastramento é dia 2 de setembro. Os interessados devem se dirigir à sala do Mova no Terminal Rodoviário de Campo Grande. O telefone para contato é (67) 3383-6111. Quem estiver no Interior deve procurar a Secretaria de Educação de cada município.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Florista ferida a tiros está em coma e ex segue internado sob escolta policial
EDUCAÇÃO
Após queixas de alunos, ministro admite erro na correção do Enem
TRÊS LAGOAS
Menina de 4 anos é internada em estado grave após ser picada por escorpião
MIRANDA
Motociclista morre ao bater de frente contra Fiat/Uno na BR-262
CULTURA
Regina Duarte quer uma conversa 'olho no olho' com Bolsonaro
ECONOMIA
Jucems registra abertura de mais de sete mil empresas em 2019
PONTA PORÃ
Do interior de veículo, homem atira contra namorada de 22 anos
PRÊMIOS
Nota Dourada terá primeiro sorteio na proxima segunda-feira
CRIME AMBIENTAL
Aposentado é autuado em R$ 6 mil por desmatamento em área protegida
PRAZO
IFMS encerra amanhã seleção para professores de educação especial

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
DOURADOS
'Rua do medo' tem dois entregadores assaltados em 10 dias
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados