Menu
Busca sexta, 17 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Aulas do Mova-MS começam amanhã em todo o Estado

15 agosto 2006 - 15h27

As aulas da etapa 2006/2007 do Brasil Alfabetizado Mova-MS Alfabetizado terão início amanhã em todos os 78 municípios do Estado. A informação foi repassada pelo secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, ontem à noite, durante a aula inaugural do programa oferecida a mais de 300 supervisores, alfabetizadores e parceiros, no Teatro da Mace, em Campo Grande. Até o momento, o Mova-MS já cadastrou 31.257 alfabetizandos, que serão orientados por 1.419 alfabetizadores, em 1.874 turmas. O número de inscritos supera em 11.6% a meta de alfabetização estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) para Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, são 8.526 alfabetizandos que aprenderão os códigos da escrita e da leitura por 350 alfabetizadores, em 420 turmas. As aulas são oferecidas em locais alternativos, como salões paroquiais, associações de moradores e até mesmo na casa do alfabetizador, para que fique mais fácil para os alunos. Durante oito meses, os alfabetizandos aprenderão a ler e a escrever, a partir da realidade deles próprios, conforme a metodologia freiriana (do educador, já falecido, Paulo Freire). O Mova existe desde 2000, e mais de 115 mil pessoas acima de 15 anos foram atendidas.Para o presidente da Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Geraldo Alves Gonçalves, o início desta quarta etapa do programa, desde a integração ao Brasil Alfabetizado, do MEC, em 2003, é um momento de vitória. “Percebemos que o Mova, além de alfabetizar, aumenta as possibilidades de trabalho. Por isso, nós, professores, estamos muito felizes com o que está acontecendo”, afirmou, durante a aula inaugural. A representante da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher de Mato Grosso do Sul, Maria Estela Leme Brandão Soares, destacou que a equipe do órgão tem acompanhado as formações continuadas oferecidas aos supervisores e alfabetizadores do Mova para discutir a educação não-sexista. “Queremos construir a governabilidade em gênero, ou seja, fazer com que as políticas do governo promovam a igualdade entre homens e mulheres”, destaca, lembrando que a maior parte dos educadores do Mova é formada por mulheres. O secretário Hélio de Lima ministrou a aula inaugural da etapa 2006/2007 do Mova, resgatando a história do programa que começou em 2000 para atender, prioritariamente, as famílias beneficiadas pelo Programa de Inclusão Social (PIS), do governo do Estado. “O Mova tem dimensão histórica de cidadania e de política pública na escolarização de jovens e adultos”, frisou. Segundo o secretário, o trabalho dos alfabetizadores vai além da transmissão de conhecimento. “Vocês fazem com que essas pessoas, que muitas vezes não tinham mais perspectivas de serem incluídas no mundo das letras voltem a acreditar em si”, afirmou aos alfabetizadores e alfabetizadoras. O MEC está investindo R$ 3 milhões no programa de alfabetização de Mato Grosso do Sul. Os recursos são investidos no pagamento dos alfabetizadores (as), que recebem bolsa-auxílio no valor de R$ 120, mais R$ 7 por aluno cadastrado, e na formação inicial dos alfabetizadores. A contrapartida estadual é destinada à aquisição dos kits do alfabetizador e do alfabetizando, formação continuada, diárias e passagens da equipe técnica para acompanhamento do programa no Interior, pagamento dos supervisores municipais e à publicação de exemplares do Livro do Mova.Também estiveram presentes à aula inaugural a representante do Colégio da Mace, Marisa Santos, a assessora-técnica do Conselho de Gestão Estadual das Políticas Sociais (Cogeps), Keila de Oliveira Antonio, o gerente do BB Educar, Lúcio Hirashi Tokikawa, o presidente da Casa da União Lar de Santana, Sérgio Gonçalves, e o coordenador técnico da Eletrosul, Armando Veronese. Ainda há tempo para quem tiver interesse em se alfabetizar ou em ser um alfabetizador. O prazo para o fechamento do cadastramento é dia 2 de setembro. Os interessados devem se dirigir à sala do Mova no Terminal Rodoviário de Campo Grande. O telefone para contato é (67) 3383-6111. Quem estiver no Interior deve procurar a Secretaria de Educação de cada município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RURAL
Semagro discute com setor produtivo criação do fundo agropecuário
SAÚDE
Anvisa interdita todas as marcas de cerveja Backer vendidas no país
RIBAS DO RIO PARDO
Malote com mais de R$ 37 mil de lotérica é roubado por dupla em moto
ECONOMIA
Feriados em dias úteis podem gerar perda de R$ 20 bilhões este ano
CORUMBÁ
Polícia pede prisão preventiva de pai que estuprou criança e ainda filmou
INTERNACIONAL
Bolsonaro deve assinar de 10 a 12 acordos comerciais em viagem à Índia
ECONOMIA
Detran dá 10 dias para regularizar veículos apreendidos antes de leilão
POLÍCIA
Peão é levado para hospital em estado gravíssimo após cair de cavalo
FUTEBOL
Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra domingo contra o Peru
CAPITAL
Empresário vai procurar polícia sobre morte de veterinária, diz defesa

Mais Lidas

DOURADOS
Dono de borracharia sofre ferimentos com explosão ao encher pneu
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente com morte no domingo se apresenta à polícia
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
POLÍCIA
Mulher é presa após furtar loja de departamentos em Dourados