Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Audiência pública discute inserção da cultura na educação

09 agosto 2006 - 11h04

Sociedade e autoridades se reúnem amanhã, às 19 horas, no Teatro Aracy Balabanian, em Campo Grande, para discutir a inserção da cultura e literatura regional nos currículos da educação básica nas escolas do Sistema Estadual de Ensino. Trata-se da primeira audiência pública sobre o tema, com o objetivo de identificar as necessidades da educação sul-mato-grossense na área da cultura e literatura regionais. Como resultado dos debates, será elaborado um documento que será aprovado pelo Colegiado do Conselho Estadual de Educação. O conselho instituiu uma comissão para discussão deste tema, que está em processo de estudos e elaboração de um parecer, em pauta desde 2005, ocasião em que a Secretaria e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul solicitaram o atendimento à Lei nº. 3.187, de 20 de março de 2006, que estabelece a inserção da Literatura Regional no conteúdo programático da disciplina de Literatura Brasileira. Durante a audiência pública estão previstas a presenças do Secretário de Estado de Cultura, Sílvio Di Nucci, do diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Pedro Ortale, o secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, e representante (ainda não confirmado) da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, a presidenta do Conselho de Educação, Mariu]úza Aparecida Camillo Guimarães, que preside também a Comissão para Discussão da Inserção da Cultura e Literatura Regional nos Currículos da Educação Básica nas Escolas do Sistema Estadual de Ensino.A viabilização do ensino da arte e da cultura sul-mato-grossense nas escolas é uma iniciativa inédita no País e atende reivindicação de produtores culturais e artistas de nosso Estado. “É um anseio antigo da classe artística de Mato Grosso do Sul. Acredito que essa iniciativa vai contribuir para a popularização e divulgação de nossa arte e cultura”, avalia o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Pedro Ortale.A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, juntamente com o Conselho Estadual de Educação e professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), trabalham há pouco mais de um ano na formatação de recursos didáticos (livro base, livro do professor, pranchetas e material audiovisual), que deverão ser propostos como subsídio para utilização dos arte-educadores. A entrega deste material está prevista para o mês de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Mourão inaugura estátua de D. Pedro I em São Paulo
CRIME AMBIENTAL
Paulistano é multado em R$ 21 mil por derrubar mata atlântica em MS
Grupo de Trabalho
Reunião discute combate ao feminicídio em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Grupos de estudantes podem agendar visitas às sessões plenárias e das Turmas do STF
ESTADO
MEC aprova 1ª Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UEMS
BRASIL
Chuvas em Minas Gerais já fizeram 7 mortos
CONTRABANDO
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em relógios e celulares
POLÍTICA INTERNACIONAL
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança
CAPITAL
Homem é atacado por pitbull em praça quando brincava com os filhos
TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína apreendida em Ponta Porã seria levada para Brasília

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta