Menu
Busca sábado, 16 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
AUDIÊNCIA

Testemunhas de acusação faltam em audiência de policial que matou marido

04 outubro 2017 - 14h20Por Da redação

Foi realizada na tarde de ontem (03), a primeira audiência referente à morte do ex-major da Polícia Militar Valdeni Lopes Nogueira, de 45 anos, morto pela esposa, a tenente-coronel Itamara Romeiro Nogueira, também da PM. A audiência foi presidida pelo Juiz de Direito da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluízio Pereira dos Santos.

Durante a audiência, que teve início às 13h30, eram para ser ouvidas dez testemunhas de acusação. No entanto, duas faltaram e duas irão depor por meio de carta precatória, já que residem no interior do Estado.

A defesa da vítima está sendo realizada pelo advogado José Roberto Rodrigues da Rosa, que alega que o crime foi por legítima defesa. A ré Itamara Romeiro Nogueira foi dispensada de participar da audiência, a pedido da defesa.

Já a acusação foi realizada pelo Ministério Público Estadual, representado pelo Promotor de Justiça Douglas Oldegardo dos Santos, que avalia o crime sendo como homicídio doloso.

O crime ocorreu na tarde de 12 de julho de 2017, no bairro Santo Antônio. O casal discutia em casa, e por volta das 16h30 Itamara Romeiro Nogueira efetuou disparos contra o marido. 

A oficial afirmou à Justiça que era vítima de violência doméstica, que já ocorria há tempos, e que, no dia foi agredida com tapas e socos, inclusive, sendo ameaçada de morte pelo marido. Portanto, agiu em legítima defesa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Flávia Alessandra mantém feed de tirar o fôlego e capricha nas fotos
CAMPO GRANDE
Jovem é preso por filmar corpos de assaltantes mortos por PM
JUSTIÇA
Condenado por roubo a mulher grávida tem pena aumentada em dois anos
DICAS
Portal do MS traz série de matérias sobre o concurso da educação
COSTA RICA
Polícia faz cerco e prendem quadrilha especializada em furtos rurais
ECONOMIA
Gasolina recua pela 17ª vez e atinge menor preço em 13 meses
DESEMBARGADORA
STF nega pedido de liminar e Tânia Borges continua afastada
UFGD
Clube da Leitura' retorna, com 'As Meninas', de Lygia Fagundes Telles
SONORA
Assessor de Câmara Municipal é detido suspeito de bater na esposa
PRAZO
Abertas inscrições para curso de Processo Civil da Escola de Magistratura

Mais Lidas

DOURADOS
Homem que tramou assassinato de empresário tentou se matar antes de ser levado à PED
PORTE E POSSE DE ARMA
Justiça concede HC a empresário que teve morte encomendada pela mulher
DOURADOS
Envolvidos na trama contra empresário são transferidos à PED
AMAMBAI
Douradense é preso com mais de 1 tonelada de maconha em veículo roubado