Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Assassinato em Aral Moreira pode ser crime de pistolagem

27 dezembro 2003 - 12h08

Há suspeita de que o adestrador de animais Levino Luis, de 25 anos, morto ontem à noite em Aral Moreira, tenha sido vítima de pistolagem. Segundo a Polícia Militar, ele estava em um bar e teria adormecido sobre a mesa quando foi alvo de disparos efetuados por um homem encapuzado.Levino foi atingido na cabeça e morreu na hora. Foram efetuados três disparos. Conforme a PM, o homem não tinha antecedentes criminais na cidade, que faz fronteira com o Paraguai. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã e seria liberado nesta manhã. Levino era de Fátima do Sul e não de Nova Andradina, como informou anteriormente a própria PM. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FERIADO
Hoje é ponto facultativo nas repartições públicas de Dourados
ANGÉLICA
Homem é morto com facada no abdômen após discussão em bar
TEMPO
Segunda-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação