Menu
Busca segunda, 23 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Artuzi apresenta projeto de lei e requerimentos na AL

02 dezembro 2003 - 18h45

Preocupado com a melhoria da qualidade de vida dos moradores de inúmeras comunidades o deputado estadual Ari Artuzi (PDT), encaminhou para a mesa diretora da Assembléia Legislativa o projeto de lei que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Jardim das Hortências I, com sede no município de Campo Grande. Em sua clara justificativa Ari Artuzi afirma que tal projeto de lei irá beneficiar uma grande comunidade, pois, ao tornar-se de Utilidade Pública Estadual a referida Associação;  “os moradores do Jardim  Hortência passarão a ter uma entidade que os represente de forma muito mais fortalecida junto aos poderes públicos municipal e Estadual”, declara Artuzi.Sem esquecer-se dos compromissos com os municípios do interior do Estado, mais precisamente com aquelas cidades do Sudoeste, o parlamentar apresentou expediente solicitando a reforma total do prédio da Escola Estadual de I Grau Éster Silva, localizada no município de Bela Vista. Preocupado em preservar e proporcionar o melhor bem estar possível aos seus alunos, Artuzi, com isso, pretende atender a reivindicação extremamente justa dos 830 (oitocentos e trinta) alunos que ali estudam em três turnos tendo em vista que há muito tempo a unidade escolar não tem nenhum tipo de reforma e isso, faz com que aumente ainda mais a necessidade de reformá-la totalmente.Com o mesmo objetivo o deputado Ari Artuzi encaminhou expediente solicitando reforma total no prédio da Escola Estadual Armando Silva Carmelo, localizada no município de Dourados. Nessa escola estudam aproximadamente 520 alunos regularmente matriculados no Sistema Médio e Fundamental, em dois turnos, porém além dessas turmas, existem mais quatro (04) turmas no período vespertino em que seus alunos, cerca de oitenta, estão na pré-escola. O deputado Ari Artuzi, entende que uma escola que não sofre nenhum tipo de reforma no seu corpo físico nos últimos doze anos, não pode realmente, proporcionar uma condição digna aos seus alunos e professores.A pedido do senhor Francisco Santiago Pinto, líder comunitário do bairro Jardim Noroeste, no município de Campo Grande, o parlamentar, sentindo-se sensibilizado, encaminhou solicitação pedindo estudos para que seja construído um Centro Comunitário no referido bairro. “O Centro Comunitário servirá para que sejam realizados diversos cursos profissionalizantes com a finalidade de aperfeiçoar o conhecimento dos moradores daquele local, bem como, promover a geração de empregos e renda”, finaliza Artuzi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ousada, Sabrina Sato publica foto de topless e fio dental em rede social
MARACAJU
Homem com várias passagens pela polícia é encontrado degolado
CAMPO GRANDE
Mulher morre após ser atropelada e arremessada por 20 metros
POLÍTICA
Governador comemora aniversário de Laguna com licitação para asfalto
OPORTUNIDADES
Concursos: 12 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 483 vagas
IMUNIZAÇÃO
Campanha de vacinação contra gripe começa nesta semana em Dourados
FIGUEIRÃO
Passageira de motocicleta morre em acidente na rodovia MS-436
DOURADOS
Prefeitura já recuperou mais de 77 km de vicinais em 2018
VÔLEI
Praia Clube vence o Sesc/RJ e fatura Superliga pela primeira vez
DE VOLTA
Campeã do 'BBB 18', Gleici é recebida com festa em Rio Branco

Mais Lidas

BR-163
Homem é preso com carro de luxo comprado pelo “Finanzinho”
JARDIM RASSELEN
Após furtar produtos de atacadista homem é detido por populares
VILA INDUSTRIAL
Homem é preso após roubar celular de criança de nove anos
TRÁFICO
Polícia Militar apreende 1,2 tonelada de maconha em Caarapó