Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Artuzi apresenta projeto de lei e requerimentos na AL

02 dezembro 2003 - 18h45

Preocupado com a melhoria da qualidade de vida dos moradores de inúmeras comunidades o deputado estadual Ari Artuzi (PDT), encaminhou para a mesa diretora da Assembléia Legislativa o projeto de lei que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Jardim das Hortências I, com sede no município de Campo Grande. Em sua clara justificativa Ari Artuzi afirma que tal projeto de lei irá beneficiar uma grande comunidade, pois, ao tornar-se de Utilidade Pública Estadual a referida Associação;  “os moradores do Jardim  Hortência passarão a ter uma entidade que os represente de forma muito mais fortalecida junto aos poderes públicos municipal e Estadual”, declara Artuzi.Sem esquecer-se dos compromissos com os municípios do interior do Estado, mais precisamente com aquelas cidades do Sudoeste, o parlamentar apresentou expediente solicitando a reforma total do prédio da Escola Estadual de I Grau Éster Silva, localizada no município de Bela Vista. Preocupado em preservar e proporcionar o melhor bem estar possível aos seus alunos, Artuzi, com isso, pretende atender a reivindicação extremamente justa dos 830 (oitocentos e trinta) alunos que ali estudam em três turnos tendo em vista que há muito tempo a unidade escolar não tem nenhum tipo de reforma e isso, faz com que aumente ainda mais a necessidade de reformá-la totalmente.Com o mesmo objetivo o deputado Ari Artuzi encaminhou expediente solicitando reforma total no prédio da Escola Estadual Armando Silva Carmelo, localizada no município de Dourados. Nessa escola estudam aproximadamente 520 alunos regularmente matriculados no Sistema Médio e Fundamental, em dois turnos, porém além dessas turmas, existem mais quatro (04) turmas no período vespertino em que seus alunos, cerca de oitenta, estão na pré-escola. O deputado Ari Artuzi, entende que uma escola que não sofre nenhum tipo de reforma no seu corpo físico nos últimos doze anos, não pode realmente, proporcionar uma condição digna aos seus alunos e professores.A pedido do senhor Francisco Santiago Pinto, líder comunitário do bairro Jardim Noroeste, no município de Campo Grande, o parlamentar, sentindo-se sensibilizado, encaminhou solicitação pedindo estudos para que seja construído um Centro Comunitário no referido bairro. “O Centro Comunitário servirá para que sejam realizados diversos cursos profissionalizantes com a finalidade de aperfeiçoar o conhecimento dos moradores daquele local, bem como, promover a geração de empregos e renda”, finaliza Artuzi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Homem é autuado em R$ 107 mil por desmatamento ilegal
BRASIL
Aluno de 14 anos esfaqueia professor em escola na zona leste de SP
SELEÇÃO BRASILEIRA
Tite chama amanhã jogadores para amistosos de outubro
DOURADOS
Uno é consumido pelo fogo e Guarda descobre que carro era furtado
HOMICÍDIO
Homem é preso suspeito de matar colega de quarto a facadas
PESQUISA CNT
Duas rodovias são responsáveis por 1/4 dos acidentes no país
DOURADOS
Délia publica novo decreto para conceder recesso de fim de ano
ARTIGO
O poder do arrependimento!
CAMPO GRANDE
Hospital Cassems realiza semana de ações em prol da Segurança do Paciente
MATO GROSSO DO SUL
Seminário discute políticas públicas para pessoas com deficiência

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção