Menu
Busca sexta, 20 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Artuzi apresenta projeto de lei e requerimentos na AL

02 dezembro 2003 - 18h45

Preocupado com a melhoria da qualidade de vida dos moradores de inúmeras comunidades o deputado estadual Ari Artuzi (PDT), encaminhou para a mesa diretora da Assembléia Legislativa o projeto de lei que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Jardim das Hortências I, com sede no município de Campo Grande. Em sua clara justificativa Ari Artuzi afirma que tal projeto de lei irá beneficiar uma grande comunidade, pois, ao tornar-se de Utilidade Pública Estadual a referida Associação;  “os moradores do Jardim  Hortência passarão a ter uma entidade que os represente de forma muito mais fortalecida junto aos poderes públicos municipal e Estadual”, declara Artuzi.Sem esquecer-se dos compromissos com os municípios do interior do Estado, mais precisamente com aquelas cidades do Sudoeste, o parlamentar apresentou expediente solicitando a reforma total do prédio da Escola Estadual de I Grau Éster Silva, localizada no município de Bela Vista. Preocupado em preservar e proporcionar o melhor bem estar possível aos seus alunos, Artuzi, com isso, pretende atender a reivindicação extremamente justa dos 830 (oitocentos e trinta) alunos que ali estudam em três turnos tendo em vista que há muito tempo a unidade escolar não tem nenhum tipo de reforma e isso, faz com que aumente ainda mais a necessidade de reformá-la totalmente.Com o mesmo objetivo o deputado Ari Artuzi encaminhou expediente solicitando reforma total no prédio da Escola Estadual Armando Silva Carmelo, localizada no município de Dourados. Nessa escola estudam aproximadamente 520 alunos regularmente matriculados no Sistema Médio e Fundamental, em dois turnos, porém além dessas turmas, existem mais quatro (04) turmas no período vespertino em que seus alunos, cerca de oitenta, estão na pré-escola. O deputado Ari Artuzi, entende que uma escola que não sofre nenhum tipo de reforma no seu corpo físico nos últimos doze anos, não pode realmente, proporcionar uma condição digna aos seus alunos e professores.A pedido do senhor Francisco Santiago Pinto, líder comunitário do bairro Jardim Noroeste, no município de Campo Grande, o parlamentar, sentindo-se sensibilizado, encaminhou solicitação pedindo estudos para que seja construído um Centro Comunitário no referido bairro. “O Centro Comunitário servirá para que sejam realizados diversos cursos profissionalizantes com a finalidade de aperfeiçoar o conhecimento dos moradores daquele local, bem como, promover a geração de empregos e renda”, finaliza Artuzi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
PDT lança candidatura de Ciro Gomes a presidente
ELEIÇÕES 2018
PDT "puxa fila" e PSDB e MDB finalizam convenções entre quem deve disputar o governo em MS
PROMOÇÃO
Sorteio da campanha Festival de Prêmios Abevê será amanhã
CAPITAL
Funcionário esfaqueia patrão, mulher e criança de 11 anos
CAMPO GRANDE
Idosa morre ao ser atropelada por motociclista sem CNH
APARECIDA DO TABOADO
Grupo é preso pescando com redes ilegais e tem barco, motor e pescado apreendidos
BRASIL
Regras de IOF sobre empréstimos são atualizadas pela Receita
NOVELA
Resumo de 'Segundo Sol' da semana de 23 a 28 de julho
LAMA ASFÁLTICA
PF diz que prisão foi baseada em novas provas contra Puccinelli
POLÍTICA
PSC muda planos e procurador pode disputar governo de MS

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria
DOURADOS
Polícia prende trio acusado de assaltar padaria no III Plano
OPERAÇÃO ECHELON
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
MS-156
Traficantes abandonam caminhonete com mais de 1t de maconha