Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Arrozeiros temem inviabilidade da cultura devido normas do Código Florestal

04 maio 2011 - 14h09

A aplicação do Código Florestal, que está previsto para ser votado na noite nessa terça, dia 3 de maio, pode oferecer risco de redução da área de plantio de arroz no Rio Grande do Sul. Esse momento é preocupante para a maior parte dos produtores. Para outros, no entanto, pode ser uma esperança para preços melhores

Para agricultores como Eraldo Dutra, que planta arroz há 24 anos e possui, entre terras próprias e arrendadas, 97 hectares produtivos, os últimos dias têm sido de expectativa pelas alterações do Código Florestal. Com a aplicação das novas medidas ele poderá perder parte de sua área produtiva, já que os terrenos planos, como os de sua lavoura, próximo a rios, açudes ou lagos é caracterizado como várzea, modelo de terra que se enquadra nas áreas onde não deve haver cultivo de acordo com as modificações. A perda de grandes áreas, ocasionando um aumento de preço de produtos agrícolas, é um problema possível caso o projeto seja aprovado, alerta Eraldo.

No novo Código, no entanto, nem toda área de várzea terá de ser preservada, explica o professor e consultor do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), Cláudio Mundstock. O conceito de várzea, de acordo com o professor, varia de região para região e esse discernimento não está claro no projeto.

Caso todos os itens do atual Código Florestal fossem respeitados, 75% das lavouras de arroz do RS e SC estariam na ilegalidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A DONA DO PEDAÇO
Camilo ameaça Vivi e ela joga sucesso na sua cara
ATENDIMENTO MÉDICO
Dourados e mais duas cidades recebem ‘Cassems Itinerante’ nos próximos dias
CONSUMIDOR
Preço da gasolina se mantem estável em Dourados
BRASIL
Toffoli suspende processos que contêm dados sem autorização judicial
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação
DOURADOS
Prestes a renovar concessão, prefeitura cria Conselho de Saneamento Básico
VIOLÊNCIA
Dourados já registrou 13 casos de maus-tratos a crianças em 2019
AQUIDAUANA
Delegado preso após sumiço de cocaína é suspeito de fazer "ponte" entre facções
MUZEMA
Operação prende 11 acusados de construir imóveis que desabaram no RJ
ESTADO
Policiais civis têm até 2 de agosto para retirar carteiras funcionais

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano