Menu
Busca terça, 17 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Arrozeiros temem inviabilidade da cultura devido normas do Código Florestal

04 maio 2011 - 14h09

A aplicação do Código Florestal, que está previsto para ser votado na noite nessa terça, dia 3 de maio, pode oferecer risco de redução da área de plantio de arroz no Rio Grande do Sul. Esse momento é preocupante para a maior parte dos produtores. Para outros, no entanto, pode ser uma esperança para preços melhores

Para agricultores como Eraldo Dutra, que planta arroz há 24 anos e possui, entre terras próprias e arrendadas, 97 hectares produtivos, os últimos dias têm sido de expectativa pelas alterações do Código Florestal. Com a aplicação das novas medidas ele poderá perder parte de sua área produtiva, já que os terrenos planos, como os de sua lavoura, próximo a rios, açudes ou lagos é caracterizado como várzea, modelo de terra que se enquadra nas áreas onde não deve haver cultivo de acordo com as modificações. A perda de grandes áreas, ocasionando um aumento de preço de produtos agrícolas, é um problema possível caso o projeto seja aprovado, alerta Eraldo.

No novo Código, no entanto, nem toda área de várzea terá de ser preservada, explica o professor e consultor do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), Cláudio Mundstock. O conceito de várzea, de acordo com o professor, varia de região para região e esse discernimento não está claro no projeto.

Caso todos os itens do atual Código Florestal fossem respeitados, 75% das lavouras de arroz do RS e SC estariam na ilegalidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASILEIRÃO/2018
Após fim da Copa, Brasileirão terá seis clássicos em quatro dias
SECURA
Sem chuva há quase 40 dias, umidade do ar fica abaixo de 30% em Dourados
JAPORÃ
Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
DIÁRIO OFICIAL
Publicado edital para eleição complementar do Conselho de Alimentação
SEU BOLSO
Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
REFUGIADOS
54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
CRIME AMBIENTAL
PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
FURTO EM COMÉRCIO
Guarda Municipal prende autora de furto em mercado de Dourados
VOLTA AO JAPÃO
Zico é anunciado como diretor técnico do Kashima Antlers
ACIDENTES NO TRÂNSITO
Homens recebem 75% das indenizações do DPVAT

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
BUSCAS
Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido em Dourados
DOURADOS
Polícia prende assassino de mecânico morto a pauladas
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa