Menu
Busca sábado, 24 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Arcanjo é condenado a mais 37 anos e a mulher dele a 25 anos

17 dezembro 2003 - 13h56

O bicheiro João Arcanjo Ribeiro foi condenado a mais 37 anos de prisão, que somados à condenação anterior por porte ilegal de arma totalizam 44 anos. O juiz federal Julier Sebastião da Silva anunciou agora pela manhã a sentença do Processo 2003.36.00.008505-4, da 1ª Vara Federal, cuja denúncia foi protocolada em abril deste ano pelo MPF (Ministério Público Federal), através dos Procuradores da República José Pedro Taques, João Gilberto Gonçalves Filho e Daniel de Resende Salgado.O Processo trata de Crime contra o Sistema Financeiro Nacional, Crime de Lavagem de Dinheiro e Crime de Formação de Organização Criminosa. Além de João Arcanjo Ribeiro, a esposa dele, Silvia Chirata Arcanjo Ribeiro, foi condenada a 25 anos de reclusão, enquanto Luiz Alberto Dondo Gonçalves, o contador de Arcanjo, foi condenado a mais 26 anos de prisão - esta é a segunda condenação de Dondo, que já recebeu pena de 9 anos em processo anterior. Foram condenados ainda Davi Stavanovick de Souza Bertoldi - genro de Dondo, que atuava na Confiança Factoring; Adolfo Oscar Oliverto Sesini - que está preso no Uruguai desde abril deste ano, a 13 anos; Edson Marques de Freitas, 3 anos e Nilson Roberto Teixeira, o gerente das factorings de Arcanjo, que pegou 14 anos de prisão. Em sua sentença, o juiz Julier Sebastião sustenta que no caso da condenação de Arcanjo "é incabível a suspensão condicional da pena ou a sua substituição". Arcanjo deve cumprir a pena em regime fechado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso ao receber policiais a bala em Dourados
DOURADOS
Idoso morre ao ser atropelado na Monte Alegre
SEM COBRANÇA EXTRA
Bandeira tarifária segue verde em março
CAMPO GRANDE
Vereador vira motorista do Uber para ouvir moradores
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 6,2 milhões neste sábado
SEXI BEER
Vice campeã do Miss Bumbum Brasil garante primeiro ensaio nu
CHUVAS
Energisa sobrevoa áreas alagadas e reforça número de equipes
ITINERANTE
Carreta da Justiça chega à comarca de Caracol na segunda-feira
IMPASSE
Crianças do Centro de Educação Infantil da UFGD estão sem atendimento
MEIO AMBIENTE
Polícias autuam quatro e apreendem pescado, carne de jacaré e rifles

Mais Lidas

ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”
ABUSO
Adolescente denuncia o próprio pai por estupro em Dourados
DOURADOS
Polícia desarticula grupo que planejava furto a agência dos Correios
MS-276
Idoso morre atropelado ao tentar atravessar rodovia