Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Anvisa interdita lotes de dipirona e antibiótico

02 março 2005 - 13h01

Brasília, 02 (Agência Saúde) - A Anvisa determinou a interdição, em todo o território nacional, do lote 010904 do medicamento Dipironati 500mg, solução oral, com data de validade 09/2006 e data de fabricação 09/2004.
O produto, fabricado pela empresa Nativita Indústria e Comércio com sede em Juiz de Fora (MG) é usado como analgésico e antitérmico e apresentou teor de dipirona abaixo do declarado. Os lotes 403 E e 405 A do antibiótico Duzimicin 250mg/5ml, suspensão oral, fabricados pela empresa Prati, Donaduzzi &CIA com sede em Toledo (PR) também foram interditados por apresentarem odor forte e desagradável.
Outro desvio de qualidade detectado nos lotes analisados foi a sedimentação muito rápida do pó usado na solução. Os laudos de análise dos dois medicamentos foram feitos pela Fundação Ezequiel Dias.
Os produtos estão interditados por 90 dias, período em que as empresas têm direito à contraprova do laudo oficial. Durante esse prazo, os lotes interditados não podem ser comercializados nem consumidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Relatórios da Secretaria de Saúde serão apresentados na próxima semana
CUIDADOS
Corpo de Bombeiros orienta para um feriado de Carnaval em segurança
DOAÇÃO DE SANGUE
Confira o cronograma do Hemosul para atendimento de carnaval
INTERNACIONAL
China já tem mais de 2.300 casos do novo coronavírus
TJMS
Expediente no Judiciário retorna apenas na quinta-feira
CAMPO GRANDE
Justiça manda município reformar escola rural pioneira
CAMPO GRANDE
Bandidos invadem condomínio de luxo e levam joias, dinheiro e armas
CAMPEONATO CARIOCA
Flamengo e Boavista decidem primeiro turno neste sábado
SEGURANÇA PÚBLICA
Operação Fronteira Segura é deflagrada no Sul do Estado
CORUMBÁ
Homem morre ao ser esfaqueado e assassino é preso

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação