Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
SHOWBIZ

Anitta reforça ser a maior diva pop que o Brasil já produziu

08 setembro 2017 - 11h32

Anitta deu mais um passo rumo à dominação mundial no último domingo, dia 03 de setembro, a cantora lançou seu primeiro single em inglês, "Will I See You", e ganhou elogios até entre os críticos gringos, o que só reforça que ela é a maior diva pop que o Brasil já viu.

Quando Anitta estourou com "Show das Poderosas", em 2013, não faltou gente apostando que esse seria o único hit da artista e que sua carreira seria breve. Mas a poderosa não vacilou: ela, que antes disso já tinha conseguido emplacar "Meiga e Abusada" na trilha da novela "Amor à Vida" e assinado um contrato com a Warner, lançou uma sequência de sucessos que incluiu "Blá Blá Blá", "Ritmo Perfeito", "Cobertor" e "Na Batida".

Em 2015 e 2016, com o álbum "Bang", ela voltou às paradas com a faixa título e os hits "Sim ou Não" e "Essa Mina É Louca". Os três, não por acaso, são os mais vistos no canal da artista no YouTube: são 314, 238 e 188 milhões de visualizações, respectivamente. Vai dizer que você nunca dançou uma dessas na balada?

###Ela é internacional
Já com a carreira consolidada no Brasil, Anitta resolveu alçar voos mais ousados, algo que era especulado desde que a revista "Forbes" a comparou com Shakira em 2013, na esteira de "Show das Poderosas".

O primeiro pontapé para a nova fase veio em fevereiro de 2016, quando ela participou do remix da música "Ginza", do colombiano J-Balvin. Mais tarde, ela lançou o single "Sim ou Não", em parceria com Maluma, e pôde exibir seus talentos para o mundo todo na abertura da Olimpíada do Rio, quando cantou ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil.

Foi neste ano, porém, que Anitta chegou com tudo no exterior: ela fez uma participação com Iggy Azalea em "Switch" e se apresentou ao lado da rapper em um dos principais talk-shows da TV norte-americana, o "The Tonight Show". Pouco depois, a cantora lançou sua primeira canção em espanhol, "Paradinha", e se uniu com Major Lazer e Pabllo Vittar para "Sua Cara". Ela assinou um contrato com um estúdio americano e já está preparando um álbum em inglês, que deve ter mais parcerias estreladas.

###Ela é versátil
Anitta não ficou apenas no funk e mostrou que consegue cantar muito mais do que "Show das Poderosas". Ela já investiu no sertanejo com "Loka", parceria com Simone e Simaria, em músicas românticas e até na bossa nova, como em "Will I See You", sua música mais recente. Afinal, diva que é diva tem que saber se reinventar.

###Ela tem faro para os negócios
Em 2014, Anitta rompeu o contrato com sua então empresária, Kamilla Fialho. Desde então, a cantora assumiu a gestão de sua carreira. Ela estudou marketing e pôs a mão na massa. "Antes, eu era muito de confiar, hoje em dia não. Fui aprendendo mais, passei a ser estrategista. As experiências que eu fui tendo e os erros foram me levando a esse resultado de hoje, de planejar tudo, criar as estratégias na minha cabeça da maneira que eu crio", contou ela em entrevista à BBC.

Tendo em vista o sucesso de "Bang" e suas parcerias internacionais, ela está no caminho certo. E Anitta também já começou a usar seus talentos a favor dos outros: neste mês, ela anunciou que é a empresária do ex-Rebelde Micael Borges.

###Ela sabe usar as redes sociais como ninguém
Quando Madonna, Britney Spears e Beyoncé começaram a dar seus passos na música, não havia nem Orkut, quanto mais Instagram e Facebook. Já Anitta fez sucesso já com as redes sociais em pleno funcionamento e soube tirar proveito disso. Instagram, Twitter, Facebook, Stories, YouTube, não importa: a cantora é onipresente na internet e está sempre publicando pistas de seus novos trabalhos ou mostrando um pouco da sua vida. E os números não mentem. Só no Instagram, ela tem 22,6 milhões de seguidores, o mesmo que a global Bruna Marquezine.

###Ela se posiciona quando é necessário
Anitta não sai arranjando briga nas redes sociais, mas também não foge da raia quando o assunto é polêmico. Ela se pronunciou contra o projeto de lei que quer criminalizar o funk carioca e ainda deu uma aula ao responder o vereador Otoni de Paula Jr. (PSC), que publicou um texto comparando a cantora à uma "garota de programa": "Se o senhor me contratou para um programa e tomou um bolo ou encontrou algum anúncio de programa meu em algum lugar e não conseguiu me contratar sinto em informar que a culpa não foi minha. É porque realmente não trabalho nesta função. Sou cantora, empresária, compositora, coreógrafa e outros negócios (que não são da indústria pornográfica) mas que são tantos que teria que ficar algumas horas aqui escrevendo. Dou emprego pra aproximadamente 50 famílias

Deixe seu Comentário

Leia Também

Paranaíba
Inscrições para processo seletivo de estagiários seguem abertas em fórum
DOURADOS
Mostra Cultural Saberes Indígenas começa nesta semana
BRASIL
Mais de 70 mil candidatos fazem hoje vestibular da Unicamp
HU-UFGD
Mesa redonda e encontro de mães marcam o Dia da Prematuridade
TECNOLOGIA
Alto-falantes inteligentes chegam ao Brasil com novas funções e riscos
ESPORTES
JEJ Blumenau: Judô MS dá início às disputas com sete atletas
BRASIL
Credibilidade de vacinas é menor entre homens e jovens, diz pesquisa
ESTADO
Governo diz que pavimentação da MS-339 facilita escoamento da produção e diminui risco de acidentes
ESPORTES
Parabadminton estreia nas Paralimpíadas Escolares e MS tem chance de medalha
DOURADOS
Prefeitura notifica contribuintes para atualizar cadastro imobiliário

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Idoso é fechado por criminosos na Marcelino, é derrubado e tem moto ‘zero km’ roubada
PORTO MURTINHO
Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada