Menu
Busca sexta, 20 de abril de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CRA

Animais em extinção no MS estampam cartões telefônicos

04 dezembro 2003 - 12h50

Imagens da arara-azul, o lobo guará, o cervo do pantanal e a onça-pintada podem ser vistas nos cartões telefônicos do Brasil Telecom. Os animais fazem parte da fauna pantaneira e estão ameaçadas de extinção. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da preservação dessas espécies. Além das imagens que juntas formam o mapa sul-mato-grossense, no cartão podem ser encontradas informações sobre cada uma dessas espécies. Um exemplo é do lobo-guará que "possui longas pernas, o que facilita na locomação, e grandes orelhas, com uma audição aguçada. Devido ao desenvolvimento agropecuário no cerrado do Brasil Central, hoje, só pode ser encontrado em áreas protegidas ou afastadas deste local".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Petrobras aumenta preços de combustíveis nas refinarias
DOURADOS
Bicicleta é furtada em posto de saúde na Cabeceira Alegre
Furto aconteceu por volta das 15h de ontem (19)
JUSTIÇA
Cerca de 10 mil processos físicos serão convertidos para meio eletrônico na Justiça do Trabalho de MS
EDUCAÇÃO
Dia do livro é comemorado com semana de atividades coordenadas pelo curso de Pedagogia da UNIGRAN
PRIMEIRA ETAPA
Governador garante assinar licitação de Hospital Regional de Dourados em 15 dias
INDÚSTRIA
Em três meses, exportação de industrializados de MS já soma US$ 842,7 milhões
ELEIÇÕES 2018
“Quem vai decidir é o partido”, diz Reinaldo sobre possibilidade de Geraldo Resende disputar Senado
SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ECONOMIA
IBGE aponta prévia da inflação oficial que ficou em 0,21% neste mês
RIGOR
Lei que aumenta pena para motorista embriagado entra em vigor

Mais Lidas

DOURADOS
Estudante de medicina é preso com R$36 mil em notas falsas
BR-463
Polícia confirma morte de idoso em ataque de pistoleiros
DIREITOS HUMANOS
Esposas de presos denunciam agressões e Comissão vai até a PED
BR-463
Baleado é trazido ao HV e suspeita é de assalto em propriedade rural