Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Ambientalistas querem prazo para ativação do lixão

10 dezembro 2003 - 13h06

A entidade ambientalista Salvar quer que o juiz Zaloar Murat, que preside hoje à tarde audiência pública de conciliação para decidir sobre o “lixão”, estabeleça prazos para a Prefeitura de Dourados realizar o processo licitatório e ativar o aterro sanitário municipal, que será construído em área já adquirida na região do Porto Cambira. “Em 30 dias é possível concluir o processo licitatório e em  120 dias é possível ativar a primeira célula para recebimento de lixo”, avaliou hoje o arquiteto Luiz Carlos Ribeiro, que pertence à entidade e já dirigiu a Fundação Iplan(Instituto Municipal de Planejamento e Meio Ambiente).A audiência acontece às 16 horas no anfiteatro do Fórum de Dourados. (Rozembergue Marques) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Irmã de Luan Santana posa de biquíni e recebe elogios: 'obra de arte'
ANGÉLICA
Jovem é preso por levar pistola de uso restrito para escola e ameaçar alunos
DOURADOS
Praça Antonio João terá mobilização pela Semana da Árvore no sábado
RIO GRANDE DO SUL
Justiça condena União a indenizar professora perseguida na ditadura
MEIO AMBIENTE
Jaguatirica capturada ferida em pousada é lavada para reabilitação
MIRANDA
Pecuarista é multado em R$ 17 mil por desmatamento em área protegida
ESTADOS UNIDOS
Bolsonaro viajará para assembleia da ONU em NY, diz porta-voz
CRIME AMBIENTAL
Construtor é autuado por caça e pesca predatórias e porte de arma
STJ
INSS deve pagar por afastamento de vítima de violência doméstica
CAPITAL
Gerente desvia R$1,2 milhão e compra casa em condomínio de luxo

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção