Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Ambientalistas querem prazo para ativação do lixão

10 dezembro 2003 - 13h06

A entidade ambientalista Salvar quer que o juiz Zaloar Murat, que preside hoje à tarde audiência pública de conciliação para decidir sobre o “lixão”, estabeleça prazos para a Prefeitura de Dourados realizar o processo licitatório e ativar o aterro sanitário municipal, que será construído em área já adquirida na região do Porto Cambira. “Em 30 dias é possível concluir o processo licitatório e em  120 dias é possível ativar a primeira célula para recebimento de lixo”, avaliou hoje o arquiteto Luiz Carlos Ribeiro, que pertence à entidade e já dirigiu a Fundação Iplan(Instituto Municipal de Planejamento e Meio Ambiente).A audiência acontece às 16 horas no anfiteatro do Fórum de Dourados. (Rozembergue Marques) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Novo Coronavírus: Brasil atualiza critérios para doação de sangue
39 QUILOS
Militar detido com cocaína na Espanha é condenado a 6 anos de prisão
DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
BENEFÍCIO
Programa Vale Universidade recebe inscrições no dia 3 de março
DOURADOS
Dupla em motocicleta assalta homem que caminhava pela Via Parque
ATENTADO
Ex-prefeito de Amambai baleado em atentado é trazido para Dourados
UNIDADE FISCAL
Sefaz divulga valores da Uferms e UAM-MS para o mês de março de 2020
POLÍCIA
Ex-prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini é ferido a tiros em atentado
LÉO VERAS
Serviço terceirizado do PCC executou jornalista, diz polícia paraguaia

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação