Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Alta da soja poderá fazer de 2013 o ano do agronegócio

31 dezembro 2012 - 14h14

Os preços recordes da soja anima produtores de Mato Grosso do Sul. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a área com a oleaginosa na safra 2012/2013 já chega a mais de dois milhões de hectares, crescimento de 14% frente os 1,8 milhão plantados na 2011/2012. Com antecipação das vendas, a soja poderá impactar positivamente a economia do Estado, fazendo de 2013 o ano do agronegócio.

“Quem tinha 500 hectares mas plantava só 300, plantou os 500; outros arrendaram terras, investiram em tecnologia para colher mais. Aqui, muitos foram os que buscaram uma forma de aumentar a produção, de olho nos bons preços”, conta o encarregado de peças da empresa New Holland em Sidrolândia, Valdeci Baldo, que viu crescer o volume de vendas de maquinários no último ano, por conta do cenário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS-270
Caminhão possuía 84 fardos de maconha e droga ultrapassa 1,6 tonelada
ASSEMBLEIA
Aprovado projeto de lei de Renato Câmara que garante cadastro provisório à assentados de MS
MS
Acidente deixa uma pessoa ferida na BR-163, próximo a Naviraí
MS
Carga de maconha apreendida próximo a assentamento deve ultrapassar 1t
APÓS ADIAMENTO DE PROVA
MPF recomenda que IFMS não restrinja caráter competitivo de novos concursos
SAÚDE
Você sabe o que é Lúpus?
CONTRABANDO
Carga com 600 mil maços de cigarros é apreendida em MS
HONRA AO MÉRITO
Sessão solene homenageia quem faz a história de Dourados
BONITO
Congresso Holístico terá palestra sobre “liberdade”, com Caroline Figueiró
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia

Mais Lidas

DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
ACIDENTE
Motociclista avança preferencial, colide com outra moto e morre
EDUCAÇÃO
Greve atinge escolas em Dourados e prejudica merenda, inspeção e limpeza