Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Alerta de temporais e queda de granizo no MS e mais três estados

25 agosto 2006 - 16h20

Alertas da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, seguiram nesta sexta-feira para as defesas civis do Mato Grosso do Sul, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Rio de Janeiro a fim de prevenir sobre a ocorrência de chuva forte, raios, ventos e queda de temperatura. É possível também a queda de granizo em áreas isoladas nesses estados.
Amanhã a previsão indica que ocorrerão temporais isolados, com chuva forte e rajadas de vento de até 70 quilômetros por hora, no sul do Mato Grosso do Sul e na região de Ponta Porã. No sábado e no domingo (26 e 27/08), áreas de instabilidade associadas ao deslocamento de uma nova frente fria pelo Sul do Brasil provocam de pancadas de chuva no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Alerta-se que em alguns momentos, há risco de temporais isolados com chuva forte, descargas elétricas e rajadas de vento de 60 a 80 km/h. Também não se descarta a ocorrência de granizo localizado. A Sedec informa que a partir de segunda-feira (28/08), a atuação de uma nova massa de ar de origem polar provoca acentuado declínio de temperaturas nos dois estados. Portanto, recomenda-se uma atenção especial aos moradores de rua. Ressalta-se que a sensação térmica será de temperaturas mais baixas devido os ventos do quadrante sul.
Entre o domingo e a segunda-feira (27 e 28/08), áreas de instabilidade se formam sobre a região Sudeste, organizando nuvens carregadas e profundas que provocam pancadas de chuva no Rio de Janeiro. Alerta-se para este período que, em alguns momentos, estas pancadas de chuva poderão ser de forte intensidade e acompanhadas de rajadas de vento (60 a 70km/h) e descargas elétricas na capital Rio de Janeiro, em São Gonçalo e em Duque de Caxias. Não se descarta a ocorrência de granizo localizado.
Nestes dias, a Secretaria Nacional de Defesa Civil recomenda orientar a população para evitar a permanência em áreas de alagamentos e para o risco de deslizamentos de encostas, morros e barreiras. Além disso, evitar trafegar em ruas sujeitas a alagamentos localizados, e também lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes.É recomendável que a população evite a permanência em áreas sob risco de alagamentos, deslizamento de terra e escorregamento de pedras - zonas ribeirinhas, baixadas, morros e encostas. É aconselhável ainda que o cidadão busque abrigo em locais protegidos de raios e de ventos fortes.
As defesas civis estaduais podem orientar a comunidade sobre como se proteger de eventos meteorológicos potencialmente danosos.O objetivo da Sedec com a divulgação de alertas é evitar a perda de vidas, danos ao patrimônio e ao meio ambiente e incentivar a adoção de medidas preventivas pela população, governos estaduais e municipais. Dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) orientaram o envio de alertas para os quatro estados.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONVOCADOS
Cinco atletas e dois técnicos de MS vão para Camping Escolar Paralímpico em SP
ARTIGO
A Escola é o espaço onde se dá a luz à criança, do lar para a sociedade
FRONTEIRA
Um morre e quatro ficam feridos em execução com tiros de fuzil
CETEPS
Rede de ensino inova na educação de Dourados com EAD
CLIMA
Dourados tem garoa no início do dia e previsão de chuvas isoladas
TRÊS MORTES
Polícia Civil prende homicida na Vila Cuiabá em Dourados
MARIA DA PENHA
MS tem média de 20 medidas protetivas por dia para mulheres ameaçadas
TELEVISÃO
Chumbo é o 1º eliminado do BBB20, com 75,54% dos votos
EDUCAÇÃO
Faculdade do Senai de Dourados encerra as inscrições para o vestibular
CAPITAN BADO
Homem morre e outras 4 pessoas ficam feridas em atentado na fronteira

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos