Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Alemã Birgit Prinz é eleita a melhor jogadora de 2003

15 dezembro 2003 - 12h53

A alemã Birgit Prinz, que foi destaque de sua seleção na conquista da Copa do Mundo, disputada em setembro e outubro nos Estados Unidos, foi escolhida como a melhor jogadora da temporada 2003.Birgit Prinz foi a artilheira do Mundial com sete gols. O jogadora alemã totalizou 268 pontos, superando com facilidades a norte-americana Mia Hamm (133) e a sueca Hanna Ljungberg, que somou 84.A Fifa também divulgou nesta segunda-feira, na Suíça, que a torcida do Celtic Glasgow, da Escócia, ganhou o prêmio "fair play", enquanto o Bahrein foi a seleção de maior evolução no ranking da Fifa em 2003.Na disputa masculina, o francês Zidane, do Real Madrid, foi o escolhido o melhor do ano. Ele somou 264 pontos, contra 186 de seu compatriota Thierry Henry (Arsenal) e 176 do brasileiro Ronaldo (Real Madrid).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA
Sete projetos estão pautados para a Ordem do Dia desta quarta-feira
COPA AMÉRICA
Pressionada após derrota, Argentina encara o Paraguai nesta quarta
RESERVA INDÍGENA
Casal é preso pelo assassinato de tio e sobrinho em Dourados
CAMPO GRANDE
Homem morre ao colidir moto na traseira de carro em rodovia
DOURADOS
Bancos, comércio, shopping; veja o abre e fecha do feriado de Corpus Christi
EDUCAÇÃO
Secretário de Educação Básica do MEC visita Escolas da Autoria em MS
FUTEBOL
Copa Feminina: Argentina e Escócia disputam vaga nas oitavas de final
NOTA FRIA
PF de MS faz operação contra contrabando em PR e São Paulo
DOURADOS
Reinaldo atende Marçal e anuncia R$ 25 milhões para recuperar ruas
UFMS
Universidade encerra inscrições para professores com salários de até R$ 19 mil

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados