Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

AL concede título de Cidadão de MS ao papa João Paulo II

11 dezembro 2003 - 16h01

A Assembléia Legislativa aprovou Projeto de Lei de autoria do deputado Pedro Teruel (PT) que concede o título honorífico de Cidadão Sul-Mato-Grossense a sua Santidade o papa João Paulo II, que recentemente completou 25 anos à frente da Igreja Católica. O deputado Teruel, um dos três parlamentares eleitos pela comunidade cristã, justificou a homenagem lembrando que Karol Wojtyla foi o único papa que já visitou o Mato Grosso do Sul e que continua a inspirar os cristãos de todo o estado e do mundo com seu trabalho em defesa da paz e exemplo de humildade e preocupação com os carentes. Outro título honorífico de Cidadão Sul-Mato-Grossense também aprovado pela Assembléia, de autoria de Teruel, foi concedido ao núncio apostólico Dom Lorenzo Baldisseri, que representa a Santa Sé no Brasil. Em 2004, o núncio deverá vir a Campo Grande, também representando o papa João Paulo II, para receber os títulos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos
BRASIL
PF encontra mensagens com ameaças a ministros do Supremo
CAPITAL
Polícia identifica marca em touro descontrolado e tenta rastrear dono
UFGD
Seminário de Literatura e Arte Contemporânea acontece em abril
PARANAÍBA
Carreta é encontrada em chamas e polícia investiga ação criminosa
POLÍTICA
Bolsonaro diz que espera enviar reforma administrativa esta semana
FRONTEIRA
Pistoleiros do PCC são suspeitos de envolvimento na execução de jornalista
EDUCAÇÃO
MEC busca alternativa para voltar a emitir carteira de estudante

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros