Menu
Busca domingo, 21 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

AL aprova aumento salarial de 100% para Zeca do PT

11 dezembro 2003 - 13h10

Os deputados estaduais aprovaram na manhã de hoje, por unanimidade, reajuste de 100% para o governador Zeca do PT que passará a ganhar R$ 15 mil, valor esse equivalente aos vencimentos de um desembargador. Além do salário do governador, foram fixados em R$ 12 mil para o vice-governador Egon Krakhecke e de R$ 10,5 mil para os secretários de Estado. Conforme o deputado estadual Ary Rigo (PDT), líder do governo na Casa, não houve dificuldades na aprovação do projeto que por lei deve ser de autoria da Mesa Diretora, fixando o salário do governador. O valor vai ao encontro das mudanças da reforma previdenciária, que estabeleceu teto e subtetos como critério para disciplinar o reajuste dos servidores públicos. O Estado de Mato Grosso do Sul tem em seus quadros pelo menos 800 servidores (da ativa e inativos) que ganham em média R$ 12 mil. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Mulher Melão posa de lingerie e sensualiza com corrente
DOURADOS
Marcha para Jesus leva multidão de fiéis para o Centro
AGENDÃO
Semana na ALMS tem sessão solene, plenárias e CCJR
COXIM
Veículo roubado em Pernambuco e que seria levado para Campo Grande é recuperado
BRASIL
Conheça as propostas de Bolsonaro e Haddad para o meio ambiente
DOURADOS
1ª Peixada Dourados News reúne leitores, autoridades e entidades para celebrar o 18º ano do digital douradense
ORÇAMENTO
MEC libera R$ 16,10 milhões para instituições federais em MS
TRÁFICO
Quadrilha que distribua cocaína é desarticulada em MS
BRASIL
Um terço do lixo tem destinação inadequada na América Latina e Caribe
FRONTEIRA
Homem encontra animais mortos em fazenda e populares suspeitam de onça

Mais Lidas

DOURADOS
Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente
DOURADOS
Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto
DOURADOS
Dupla é flagrada furtando comércio no Centro
CAMPO GRANDE
Estudante de 12 anos dá soco em professor após ser advertido em sala