Menu
Busca terça, 25 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Agentes Tributários esclarecem aumento do salário do governador

11 dezembro 2003 - 18h46

Em virtude da grande repercussão provocada pela aprovação de projeto de lei que elevou para R$ 15 mil o salário-referência do governador de Mato Grosso do Sul, a diretoria do Sindicato dos Agentes Tributários Estaduais (Sindate) encaminhou hoje, aos seus filiados alguns esclarecimentos a respeito da nova lei, que classificou como “imprescindível” para que não ocorra o desmantelamento do Estado diante das distorções salariais provocadas pelo Projeto de Emenda Constitu-cional nº 67, que trata da reforma da Previdência.De acordo com o presidente do Sindate, Farney Machado, a forma como a lei aprovada ontem pela Assembléia Legislativa vem sendo analisada está equivocada. “Não se trata de reajuste dos vencimentos do governador, mas sim do salário-referência do chefe do Executivo Estadual”, destacou, esclarecendo que a medida é extremamente necessária quando levada em conta a necessidade de o Estado manter em seus quadros servidores de carreira e técnicos qualificados.“Hoje, o salário do governador é de pouco mais de R$ 7 mil, o que equivale dizer que qualquer servidor do Estado, por conta da PEC 67, está impedido de ter vencimentos acima desse valor. Com isso, haveria redução de salários, já que servidores de determinadas carreiras típicas de Estado ou que tiveram incorporados em seus vencimentos algumas vantagens com certeza iriam amargar prejuízos, o que geraria milhares de demandas judiciais”, disse Farney Machado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é autuado em R$ 73 mil por desmatamento de vegetação nativa
ANAURILÂNDIA
Médicos que faziam dupla jornada deverão devolver R$ 300 mil
CAPITAL
Motociclista de 43 anos morre em hospital depois de sofrer queda
JUSTIÇA
STF decide manter Lula preso enquanto não analisar suspeição de Moro
CAMPO GRANDE
Polícia desmantela laboratório de refino de cocaína e prende três
FLAGRANTE
Jornalista é preso tentando extorquir prefeito para não contar "bomba"
TRT/MS
Tribunal Regional do Trabalho abre inscrições para Programa de Estágio
MS
Traficante é preso com quase 300 kg de maconha em Nova Andradina
ESPORTES
Douradenses se destacam em Brasileiro de Karatê
JUDICIÁRIO
STF rejeita primeiro pedido de liberdade ao ex-presidente Lula

Mais Lidas

POLÍCIA
Gangue invade festa e esfaqueia três adolescentes em Dourados
HOSPITAL DA VIDA
Jovem morre horas após acidente de moto
DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa