Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Advogado não pode orientar clientes mal intencionados

24 maio 2011 - 14h23

Advogado que orienta seu cliente a instaurar inquérito policial, com base em prova falsa, comete infração ética. O entendimento é do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB de São Paulo, que aprovou as ementas do mês de dezembro.

De acordo com o Tribunal de Ética, o "advogado, para exercer em plenitude sua função, não deve deixar-se levar por imposições, promessas, pressões e ambição pecuniária desmedida, devendo acima de tudo manter sua liberdade e independência, não podendo em nenhum momento abdicar de sua honra e de sua ética, e jamais se associar ou colocar seus serviços à disposição de clientes ou terceiros mal intencionados, sob pena de com os mesmos vir a ser confundido, podendo até responder, além de eticamente, na condição de co-autor, por eventual ato de natureza civil ou criminal".

A 462ª sessão de julgamento de consultas sobre comportamento ético, no Salão Nobre da Seccional Paulista, contou com a presença de 71 estagiários de Direito de diversas faculdades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
PF desarticula esquema de facilitação de entrada de estrangeiros no Brasil
PONTO
Câmara de Dourados implanta biometria para registro de frequência de servidores
BRASIL
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
PROCON
Mais de 20 empresas estarão negociando dívidas com consumidores douradenses no Centro
LADÁRIO
Irmãos são assassinados a tiros após briga entre vizinhos
MATO GROSSO DO SUL
Projeto de Lei proíbe filmar professor em sala de aula sem autorização
TV
Repórter da Globo, Fabíola Andrade nega assédio e diz que colega a procurou
ADOLESCÊNCIA MASCULINA
Por que os meninos adolescentes precisam de um especialista
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
ELEIÇÕES
Após campanha ‘quente’, votação da OAB tem início tranquilo em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela
VILA SÃO BRÁS
Mulher acorda e flagra ladrão dentro de casa em Dourados