Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Acusado de matar frentista em Nova Andradina se apresenta

09 dezembro 2003 - 08h45

O proprietário do restaurante localizado no pátio do posto de combustíveis Tigrão, em Nova Andradina Silvio Casali, 54 anos, acusado de ter assassinado por volta das 17 horas da última quarta-feira, dia 03 de dezembro, o frentista do posto Silvano Soares Carvalho, 25 anos, se apresentou na tarde de ontem no 1º Distrito Policial de Nova Andradina, acompanhado do advogado Jesualdo Galeski.De acordo com informações do delegado titular do 1º DP, Silvio disse que vinha discutindo com Silvano, já há alguns dias e no dia do crime, a vitima teria assediado uma das funcionarias do restaurante e quando foi tirar satisfação Silvano voltou a insulta-lo, momento em que perdeu a cabeça e desferiu um único disparo que atingiu a cabeça da vitima.Silvio após prestar depoimento foi liberado, para responder o processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Câmara disponibiliza nova participação dos cidadãos em projetos de lei
POLÍCIA
Homem é autuado em R$ 750 mil por tráfico de papagaios
BRASIL
Abuso de autoridade: dividido, Senado será decisivo para manter ou derrubar vetos de Bolsonaro
BRASIL
Caixa registra 12 milhões de transações após liberação do FGTS
MS
Setembro é mês para licenciar veículos com placa final 9
QUADRO DE SAÚDE
Bolsonaro aceita bem dieta cremosa e haverá redução da alimentação na veia, diz boletim médico
ESPORTES
Corinthians: conselho deve convocar Andrés para explicações
CONSCIENTIZAÇÃO
Programação pelo Dia da Árvore tem início nesta segunda em Dourados
TRAGÉDIA
Homem morre e três ficam em estado grave em acidente na MS-429
NOVA ANDRADINA
Jovem é preso com porções de cocaína em bar

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista faz ‘strike’ de motos no Centro e deixa três feridos
DOURADOS
Força-tarefa tira mais de 20 veículos de circulação na Coronel Ponciano
TRAGÉDIA
Cantor sertanejo morre em acidente de carro no MS
DOURADOS
Armados, indígenas se aproximam de seguranças em área invadida na Perimetral Norte