Menu
Busca sábado, 24 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Acusado de matar ex-prefeito de Três Lagoas é condenado a 18 anos

03 dezembro 2003 - 16h48

O júri popular de Três Lagoas condenou André Luciano de Carvalho, o “Preto”, a 18 anos de prisão por co-autoria em homicídio duplamente qualificado do ex-prefeito Miguel Tabox. Carvalho participou do assassinato em 8 de janeiro de 2001 e já cumpre pena por outros dois homicídios na penitenciária de Dourados. A esposa do ex-prefeito, Milena Tabox, foi condenada em agosto, pela participação no assassinado, em oito anos, no entanto aguarda a condicional por já ter cumprido um terço da pena e realizar trabalhos internos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA
Seminário sobre regularização fundiária urbana é o destaque da semana
LOTERIA
Apostas para a Dupla de Páscoa já podem ser feitas
PM E BOMBEIROS
ACS elege novo presidente em MS
ESTADO
Começa em abril inventário de plantas e solo do Cerrado de Mato Grosso do Sul
Veículos roubados que seriam levados para o Paraguai são recuperados
BRASIL
Conta-salário poderá ser transferida para instituições não financeiras
RECOMENDAÇÃO
Prefeito vai revogar doação de área a Arquidiocese de Campo Grande
MS/PR
Assaltantes se escondem em pântano e acabam presos
ESTADUAL
Federação adia fim da primeira fase após ajuste de tabela
BANDEIRANTES
Motociclista morre após ser atingido por ônibus

Mais Lidas

ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”
NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
ABUSO
Adolescente denuncia o próprio pai por estupro em Dourados
DOURADOS
Polícia desarticula grupo que planejava furto a agência dos Correios