Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Acusado de matar criança foi morto por asfixia no IPCG

19 dezembro 2003 - 11h17

A diretora do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul, Zenóbia dos Santos, informou há pouco que os presos Cícero Duarte, de 47 anos, acusado do assassinato de menina Mayara, de 3 anos, em Aquidauana, e João Severino de Paula, de 54 anos, condenado por estuprar uma criança, foram mortos a facadas e por espancamento. Cícero teria sido morto por asfixia e o colega de cela a pancadas e fancadas. Eles não foram violentados sexualmente. As mortes foram descobertas esta manhã no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande). A ala em que eles estavam era considerada segura, mas era compartilhada por 39 presos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOMINGO
Para teste físico de concurso, Parque dos Poderes será interditado
DOURADOS
Doadores de “sábado” no Hemocentro falam sobre mais tranquilidade para o gesto de solidariedade
ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia
VELOCIDADE
Lewis Hamilton garante a pole para o GP de Mônaco de Fórmula 1
REITOR
Justiça Federal cassa liminar e lista tríplice da UFGD volta a valer
HOJE
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
MS
Carga de cigarro avaliada em R$ 1,5 mi é apreendida na MS-345
POLÍTICA
Ricardo Ayache assume o comando do PSB em Mato Grosso do Sul
CAPITAL
Dupla é presa vendendo ecstasy, LSD, maconha e cocaína pelo Whatsapp

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã