Menu
Busca sexta, 20 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Acusado de matar criança foi morto por asfixia no IPCG

19 dezembro 2003 - 11h17

A diretora do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul, Zenóbia dos Santos, informou há pouco que os presos Cícero Duarte, de 47 anos, acusado do assassinato de menina Mayara, de 3 anos, em Aquidauana, e João Severino de Paula, de 54 anos, condenado por estuprar uma criança, foram mortos a facadas e por espancamento. Cícero teria sido morto por asfixia e o colega de cela a pancadas e fancadas. Eles não foram violentados sexualmente. As mortes foram descobertas esta manhã no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande). A ala em que eles estavam era considerada segura, mas era compartilhada por 39 presos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
ANP descarta periodicidade mínima para reajuste de combustíveis
CAMPO GRANDE
Corpo é encontrado carbonizado após denúncia anônima
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Bandidos levam motos de vítimas e polícia suspeita que uma delas tenha sido usada em roubo a vereador
TELEVISÃO
Ex-apresentadora acusa a TV Globo de racismo em demissão
ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
FUTEBOL
Seduc empata e segue com chances de classificação na Taça BH sub-17
ÔNIBUS
Três Lagoas ganha Justiça Itinerante a partir desta sexta-feira
SONORA
Contratado para frete, caminhoneiro some com 31 mil kg de açúcar

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria
DOURADOS
Polícia prende trio acusado de assaltar padaria no III Plano
OPERAÇÃO ECHELON
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
MS-156
Traficantes abandonam caminhonete com mais de 1t de maconha