Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Acampados na fazenda Mutum aguardam definição do Incra

28 março 2005 - 09h56

As famílias do MST ( Movimento dos Trabalhadores sem Terra)  que foram transferidas a mais de oito dias na Fazenda Mutum no município de Nova Alvorada estão aguardando uma definição do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária ) para que sejam assentadas de forma definitiva na área.   Hoje  mais de 500 famílias, estão acampados no local  em barracos de lona, aguardando o corte dos lotes  que deverá ser determinado pelo Incra para que elas sejam assentadas. Segundo alguns moradores enquanto não houver uma definição, eles estão incapacitados de trabalharem na área, mesmo sendo atendidas pelos programas estabelecidos pelo Governo, não podem plantar a lavoura de subsistência.Das 500 famílias 360  são remanescentes da fazenda Coimbra que estavam em um acampamento provisório desde o mês de agosto de 2003.(Eduardo Palomita)     

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Passageira de ônibus é presa com mais de 15 quilos de maconha
COMER BEM
A importância da alimentação equilibrada para as crianças
ESCOLAS
Mangueira, Viradouro e Grande Rio brilham na 1ª noite na Sapucaí
NOVA ALVORADA
Motorista morre em acidente entre carreta e caminhão carregado com óleo
FERIADO
Hoje é ponto facultativo nas repartições públicas de Dourados
ANGÉLICA
Homem é morto com facada no abdômen após discussão em bar
TEMPO
Segunda-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação