Menu
Busca domingo, 18 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Abolindo os “fantasmas”

30 junho 2015 - 06h24

A medida tomada no início do mandato do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) de recadastrar os servidores públicos estaduais tem dado resultado e vários ‘fantasmas’ foram identificados. Esses funcionários foram convocados ao longo dos anos como quitação de dívidas feitas em campanhas e indicados por apoiadores após o período eleitoral.

O problema infelizmente não se restringe ao Mato Grosso do Sul e se mostra cultural em todo o Brasil, levando prejuízo à população que arca com os vencimentos dessas pessoas. Milhões de reais tiveram que sangrar os cofres públicos mensalmente para sanar esses acertos.

A tacada de Azambuja serve de exemplo para que outros gestores públicos façam o mesmo e transpareçam à população como é feito a contratação de servidores. Que eles sejam colocados em suas respectivas funções, mas com fiscalização e comprovação de cargo desempenhado, aliado, preferencialmente, de um registro de entrada e saída que possa estar a disposição para quem quiser ver, ao lado do nome de todos os lotados em suas áreas.

Esse grupo identificado agora passou anos lesando o contribuinte.

Acomodados em seus cargos, muitos só entravam no departamento pessoal de suas repartições para receber o salário no início do mês.

Por isso a necessidade agora de se estender todas as ações do tipo para outros governos, prefeituras e câmaras, afinal, é importante a comprovação de que o dinheiro aplicado no funcionalismo público seja tratado de maneira séria e não onerosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Comissão sobre Escola sem Partido faz nova tentativa de votar relatório
POLÍTICA
Em encontro com Maia e Bolsonaro, governadores defendem votação de projetos para enfrentar crise
ECONOMIA
União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados
TRÊS LAGOAS
Homem cai em golpe ao tentar comprar carro na internet
MATO GROSSO DO SUL
Edital para inserção de jovens no mercado de trabalho está aberto até dezembro
Processo visa a seleção de entidades que possam atuar, em parceria com a SED, no acompanhamento de estudantes, matriculados no ensino médio, para a atuação profissional.
TV
Samantha Schmütz celebra papel dramático em 'Carcereiros': 'Porta para o público me ver de uma maneira diferente'
CAPITAL
Motorista sem CNH fura sinal, foge da polícia e acaba preso dentro de casa
BRASIL
Defensoria Pública pede à Justiça manutenção de regras do Mais Médicos
FAMOSA
Susana Vieira abre o jogo sobre luta contra a leucemia: “Perguntei ao médico quando vou morrer”
CAPITAL
Mais de 20 acidentes foram registrados nesta madrugada em Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Bandido armado faz arrastão do Flórida ao Centro durante a noite
DOURADOS
Dupla desobedece ordem de parada, é perseguida e acaba presa em flagrante por porte de arma
CAMPO GRANDE
Homem se joga do 9° andar de hotel luxuoso na Capital
NOVA ALVORADA DO SUL
Acidente entre dois veículos termina com dois feridos e BR-163 interditada