Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Abolindo os “fantasmas”

30 junho 2015 - 06h24

A medida tomada no início do mandato do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) de recadastrar os servidores públicos estaduais tem dado resultado e vários ‘fantasmas’ foram identificados. Esses funcionários foram convocados ao longo dos anos como quitação de dívidas feitas em campanhas e indicados por apoiadores após o período eleitoral.

O problema infelizmente não se restringe ao Mato Grosso do Sul e se mostra cultural em todo o Brasil, levando prejuízo à população que arca com os vencimentos dessas pessoas. Milhões de reais tiveram que sangrar os cofres públicos mensalmente para sanar esses acertos.

A tacada de Azambuja serve de exemplo para que outros gestores públicos façam o mesmo e transpareçam à população como é feito a contratação de servidores. Que eles sejam colocados em suas respectivas funções, mas com fiscalização e comprovação de cargo desempenhado, aliado, preferencialmente, de um registro de entrada e saída que possa estar a disposição para quem quiser ver, ao lado do nome de todos os lotados em suas áreas.

Esse grupo identificado agora passou anos lesando o contribuinte.

Acomodados em seus cargos, muitos só entravam no departamento pessoal de suas repartições para receber o salário no início do mês.

Por isso a necessidade agora de se estender todas as ações do tipo para outros governos, prefeituras e câmaras, afinal, é importante a comprovação de que o dinheiro aplicado no funcionalismo público seja tratado de maneira séria e não onerosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Prima gata de Luísa Sonza chama atenção com fio-dental em praia
CAMPO GRANDE
Viúva de homem que morreu após explosão diz estar grávida e marido não sabia
CULTURA
20º Festival de Inverno de Bonito começa na proxima quinta-feira
PARANÁ
Ônibus escolar que saiu de MS é apreendido com uma tonelada de maconha
COSTA RICA
Família busca ajuda em quartel e bombeiro salva vida de criança sufocada
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para curso de Libras na unidade de Dourados
ECONOMIA
Guedes confirma liberação de R$ 42 bi de FGTS e PIS até o fim de 2020
IVINHEMA
Motociclista morre após ser atropelado por caminhão tipo baú
REVISÃO
Brasil revoga refúgio concedido a três paraguaios acusados de sequestro
EMPREGO
Itaú Unibanco e Itaú BBA abrem inscrições para programa de trainee

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
DOURADOS
Homem é baleado nas costas no Flor de Liz
SHOWBIZZ
Sertanejos morrem em acidente de carro em rodovia de São Paulo
PORTO MURTINHO
Douradense é assassinado em sede de fazenda