Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Abolindo os “fantasmas”

30 junho 2015 - 06h24

A medida tomada no início do mandato do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) de recadastrar os servidores públicos estaduais tem dado resultado e vários ‘fantasmas’ foram identificados. Esses funcionários foram convocados ao longo dos anos como quitação de dívidas feitas em campanhas e indicados por apoiadores após o período eleitoral.

O problema infelizmente não se restringe ao Mato Grosso do Sul e se mostra cultural em todo o Brasil, levando prejuízo à população que arca com os vencimentos dessas pessoas. Milhões de reais tiveram que sangrar os cofres públicos mensalmente para sanar esses acertos.

A tacada de Azambuja serve de exemplo para que outros gestores públicos façam o mesmo e transpareçam à população como é feito a contratação de servidores. Que eles sejam colocados em suas respectivas funções, mas com fiscalização e comprovação de cargo desempenhado, aliado, preferencialmente, de um registro de entrada e saída que possa estar a disposição para quem quiser ver, ao lado do nome de todos os lotados em suas áreas.

Esse grupo identificado agora passou anos lesando o contribuinte.

Acomodados em seus cargos, muitos só entravam no departamento pessoal de suas repartições para receber o salário no início do mês.

Por isso a necessidade agora de se estender todas as ações do tipo para outros governos, prefeituras e câmaras, afinal, é importante a comprovação de que o dinheiro aplicado no funcionalismo público seja tratado de maneira séria e não onerosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista
ESPORTE
Sediado em Dourados, festival paralímpico fortalece inclusão e superação de limites
PORTE
Jovem é preso com armas e maconha que seriam levados para Goiás
INTOLERÂNCIA
Concurso elege Miss e Mister Gay Mato Grosso do Sul neste sábado
ANASTÁCIO
Idoso é preso suspeito de aliciar e estuprar menina de 9 anos
PROJETO
Anatel inicia amanhã programa para bloquear celular irregular em MS
CAPACITAÇÃO
Sebrae realiza curso sobre gerenciamento de oficinas mecânicas
TRÁFICO
Mulher é flagrada com 57 quilos de maconha em duas malas

Mais Lidas

DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando