Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
NEGÓCIOS & CIA

Esperança e resistência

08 janeiro 2020 - 09h20Por MOLT Engenharia Sustentável

Mais que uma empresa, a MOLT é um símbolo de protagonismo, disrupção e de esperança para todos que buscam por desenvolvimento no nosso MS.
 
Como já dito, a MOLT vem para "dar espaço a algo novo". Mais que isso, a empresa vem para que paradigmas e comodismos que causam o estagnamento de Dourados, do MS ou até do Centro-Oesta, possam ser quebrados. Para que mais nós possamos ser referência a nível nacional em mais do que só no mundo AGRO.  

Nossa boa e velha mistura de inconformismo, indignação, são fundamentadas nas experiências internacionais que cada um dos sócios da empresa tiveram. Samuel, CEO da empresa, além de graduado pela Universidade de São Paulo (USP), foi estudar em Denver no Colorado, Estados Unidos. João Hélio também passou por Denver, além de ser fruto da segunda turma de Engenharia de Energia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), onde conheceu o Germano, seu companheiro de curso que teve sua experiência no exterior no Canadá. 
 
Todos os sócios são unânimes em perceber e dizer que não há diferença alguma entre as pessoas brasileiras e as pessoas de qualquer lugar do mundo. Não existe motivo para que nossa região, tendo o potencial humano que estamos desenvolvendo em nossas universidades, não seja um polo de desenvolvimento de tecnologia nas mais diversas áreas. Mais que isso, é um lamentável desperdício, vermos nossos jovens talentos serem desmotivados pela evidente falta de oportunidade, falta de opção, falta de ambientes ondem possam se desenvolver e performar assim como foram formados ao longo da graduação.

Nossa empresa tem algo além da vontade de mudar, encaramos isso como obrigação. Nós fomos afortunados com ótimas formações acadêmicas em universidades públicas. Ou seja, muito foi investido em cada um de nós; e tudo bom investimento deve trazer retorno para o investidor e no nosso caso, assim como nossos jovens talentos regionais, nossos investidores foi a sociedade. Portanto, nosso retorno deve ser grande, deve ser sentido por cada um de nós. Faremos do mundo um lugar melhor.
 
Além do compromisso com o meio ambiente, com a sustentabilidade e com a inovação a MOLT se compromete com você; quer ver nossa cidade e região prosperar; que quer ver todo jovem que escolheu uma profissão, poderem exercer essa determinada profissão. Somos resistência. Hoje militamos para que Engenheiros possam ser Engenheiros, para que o conhecimento e potencial dos nossos jovens sejam instigados e gerem frutos; e que esses frutos sirvam para o deleite de todos, trazendo conforto, desenvolvimento tecnologico, aumento da consciência sustentável da região e consequentemente, um ganho significativo na economia e infraestrutura de Dourados, do MS e de todo o Centro-Oeste. 
 
Não estamos sozinhos. Você que está conosco, se manifeste, nos procure para que possamos não só sonhar, mas planejar como e quando iremos construir as bases para um futuro mais prospero e sustentável para nós todos.
 
Mais informações no Facebook ou www.molt.com.br
 

 

Leia Também

DOURADOS
Procura por máscaras e álcool cresce nas farmácias após suspeitas do coronavírus em MS
ECONOMIA
Dólar sobe e renova patamar recorde de fechamento
CHAPADÃO DO SUL
Padrasto é denunciado após passar a mão na perna de enteada
JOGOS DE TÓQUIO
Coronavírus faz Japão cancelar evento-teste de judô paralímpico
DETRAN
Nova portaria possibilita ampliação do número de ECV´s em MS
SAÚDE
Exame dá negativo a 1º caso suspeito de coronavírus em MS; saúde aguarda contraprova
GOVERNADOR
Bruno Covas inicia imunoterapia para tratamento de câncer
REGIÃO
Homem é a 13ª vítima fatal da dengue no Estado em 2020
JARDIM ÁGUA BOA
Cofre furtado de mercado é encontrado em obra; ladrões levaram mais de R$ 3 mil
MATO GROSSO DO SUL
Em dois anos, Defensoria Pública do Estado ajuizou 381 ações contra concessionária

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira