Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
NEGÓCIOS & CIA

DANDO ESPAÇO A ALGO NOVO

16 outubro 2019 - 10h49Por MOLT Engenharia Sustentável

“Dar espaço a algo novo”. “Ser diferente”. “Agir de fato”. “Correr atrás do prejuízo”.
Se perguntarmos à algum dos três sócios da MOLT Engenharia Sustentável qual o objetivo deles com a startup sul-mato-grossense, seriam essas as repostas. 



Uma mistura de inconformismo, indignação, e porque não, ousadia, levaram Germano, João Hélio e Samuel a se aventurarem no inconstante e desafiador universo do empreendedorismo, há aproximadamente dois anos.
Oriundos de Campo Grande-MS, Rondonópolis-MT e Dourados-MS, respectivamente, os três jovens acreditam que, nos dias de hoje, não há espaço para a engenharia sem sustentabilidade. “A MOLT é uma empresa de engenharia sustentável, que busca soluções inovadoras e específicas para o bem da sociedade, visando trazer ganhos econômicos, impactos positivos para o meio ambiente e o desenvolvimento tecnológico e sustentável para o Mato Grosso do Sul”, diz Samuel, engenheiro mecânico e CEO da empresa. 


Criada no fim de 2017, a MOLT, que tem esse nome em alusão ao verbo inglês “To molt”, que significa “mudar”, “transformar” sempre no reino animal, atua em toda a região Centro-Oeste, tendo os projetos de energia solar fotovoltaica, reuso de água e de eficiência energética como principais serviços. Mas eles deixam claro que a área de atuação da empresa é maior que isso. “Sabemos o real papel de um engenheiro, que é solucionar problemas. Então, você cidadão que necessita de uma solução que envolva engenharia, conte com a MOLT, que traremos uma solução tecnológica e acima de tudo, sustentável” diz Germano, engenheiro de energia e diretor de vendas da MOLT.


Sustentabilidade é a palavra forte da MOLT. A startup inclusive lançou recentemente seu “canudo sustentável”. Se trata de um kit com estojo, canudo metálico e esponja de higienização, e essa iniciativa visa uma diminuição do uso de canudos plásticos, bem como uma diminuição geral da produção local de lixo. Os canudos MOLT podem ser encontrados em quatro estabelecimentos de Dourados: Cheiro Verde, Barão, Utida e Doce Presença. Eles tem o valor de R$20,00 e sempre que tiver o canudo em mãos, o cliente ganha uma promoção ou desconto nos estabelecimentos parceiros.


Além do compromisso com o meio ambiente, a MOLT tem a preocupação com o relacionamento e experiência do cliente. “A MOLT é a tradução do real significado da palavra sustentabilidade. É comum acharmos que a sustentabilidade se dá só de pessoas para com o meio ambiente, mas levando em consideração que uma relação sustentável é aquela onde não há sobreposição de uma das partes, não há maldade, onde existe vantagens para ambos os lados, acreditamos que duas pessoas possam e devam ter uma relação sustentável. É isso que procuramos com todas as pessoas que de alguma forma aparecem no caminho da MOLT, sejam clientes, fornecedores, colaboradores ou parceiros.
Você encontra a MOLT nas redes sociais:

@molt.sustentavel 

Leia Também

MUNICÍPIOS
Nelsinho Trad consegue recursos de R$ 1,4 milhão da União para MS
TRÊS LAGOAS
Homem é preso em flagrante por passar a mão nas partes íntimas de diarista
AGEPAN
Empresas de transporte têm até 24 de dezembro para requerer autorização
APOSENTADORIA
Congresso Nacional promulga nesta terça-feira a reforma da Previdência
REGIÃO
Marçal Filho espera que CPI da Energisa seja aberta esta semana
FRONTEIRA
Jovem é preso com 304 quilos de maconha que iria para São Paulo
POLÍTICA
Acolhimento Familiar será tema de Seminário na Câmara de Dourados
BRASIL
Medida provisória que extingue o Dpvat é assinada por Bolsonaro
JUSTIÇA
Semana da Conciliação em MS totaliza R$ 6,6 mi em acordos
CAPITAL
Morre bebê vítima de acidente causado por PM e família doa órgãos

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
PONTA PORÃ/PEDRO JUAN
Três são assassinados e um bebê fica ferido em "domingo sangrento" na fronteira
DOURADOS
Justiça manda município pagar salário a guarda municipal preso por tráfico