Menu
Busca segunda, 22 de julho de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

“Caçula da família”, Playboy atrai público e é sucesso entre as crianças na Expoagro

15 maio 2019 - 11h23Por Vinicios Araújo

“Meu caçula”. É assim que o adestrador e domador de animais Anderson Alves, 42, se refere ao maior boi adestrado do Brasil. Playboy, bovino resultado da mistura das espécies Nelore e Holandês, chama atenção de quem passa pelos estábulos da 55ª Expoagro Dourados. Entre as crianças, o grandalhão de 1300 quilos é um sucesso. 

Playboy tem 12 anos e acabou ficando indisposto ao chegar a Dourados. Sendo tratado como bebê, com comida na boca, o gigante sentiu os impactos da mudança de clima entre Mato Grosso do Sul e o Paraná, estado onde nasceu e é criado com todo mimo possível. 

O “pai” disse ao Dourados News que o boi custa em média R$ 1 mil por mês. “É banho com os melhores produtos, medicação, tratamento veterinário, comida da melhor qualidade. Esse bichão aqui é o nosso caçula”, afirma o paranaense. 

Apesar do tamanho e força, com apenas uma corda fina Anderson consegue manter Playboy por perto. Ele garante que o carinho das pessoas é a melhor forma de mantê-lo calmo e alegre. 

“Ele ama crianças. Tem bebê de dois anos que anda em cima dele. O carinho das pessoas deixe o Playboy feliz e a vontade para interagir”, comentou.

O bovino foi comprado com um ano e passou logo passou a ser adestrado por Anderson. O profissional destaca que para chegar no estado em que chegou, Playboy exigiu paciência, técnica e muito amor. 


“Quando ele era pequeno era preguiçoso. Nunca foi violento, sempre muito preguiçoso. Na hora de andar, queria deitar e é aí que você consegue criar com o animal uma relação de carinho e confiança. Tem que ter paciência, técnica e muito amor”, explicou.

Sempre presente em eventos agropecuários no Brasil, Playboy, o maior boi adestrado do País, e seu companheiro Anderson, enfrentam o duro desafio de ficar longe de casa. 

Na ausência do pai, quem cuida do rancho da família, em Teixeira Soares (PR), é o filho de 16 anos. Anderson tem também uma menina de 10 anos, que quando tem oportunidade, apresenta Playboy aos públicos em feiras e exposições no País. 

A esposa e os pais também ajudam no cuidado com os bichos. O amor e o contato com os animais é uma realidade desde a infância do adestrador, coisa que conseguiu passar para os filhos e pelo visto prolongará por várias gerações.

O paranaense destacou também a má qualidade das estradas brasileiras. 
“Principalmente pra gente que carrega carga viva, não é fácil. Embalar nesse ‘brasilzão’ a fora é perigoso e muito sofrido, mas a gente se esforça pra conseguir levar sustento e qualidade de vida pra família”, disse acariciando o ‘filho’ bovino. 

Questionado sobre a possibilidade de venda do animal e quanto Playboy custaria, Anderson foi enfático: “não tem preço, não vendo de jeito nenhum”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Luisa Sonza dá puxadinha em biquíni cavado e 'lacra' na web
CAMPO GRANDE
Após ter filho agredido, mãe invade escola e bate em aluna de 12 anos
FUTEBOL
Filipe Luís resolve pendências e acerta com o Fla até o fim de 2021
ELDORADO
Bandido quebra tornozeleira e vai preso ao tentar assaltar família
CONCURSO
PGE publica gabarito definitivo da prova Objetiva para Assessor Jurídico
MARACAJU
Casal de goianos é preso em flagrante com 15 quilos de Skank na MS-164
AEROPORTO
Governador da Bahia diz que não irá a evento com Bolsonaro
CORUMBÁ
Homem armado é preso por importunar meninas e agredir mulher
ECONOMIA
Governo estuda liberar neste ano até R$ 500 por conta do FGTS
DESCAMINHO
Polícia apreende mais de 3.400 unidades de bebidas sem documentação

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
AMAMBAI
Morto a tiros em frente a conveniência era 'braço direito' de Jarvis Pavão
RIBAS DO RIO PARDO
Avô e neta morrem após caminhonete bater de frente em carreta
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163