Menu
Busca Segunda, 23 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Aniversário Sertão 2017
FUTEBOL

CBF cria regra para impedir repetição de tentativa de “tapetão” do Inter

08 Janeiro 2017 - 14h42

Logo após a tentativa do Internacional de Porto Alegre de impedir o rebaixamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) criou uma nova regra para impedir ações questionando a condição de jogador por problemas na transferência ou registro. Isso foi incluído no regulamento de competições da confederação. Se fosse válido em 2016, o clube colorado não teria como tentar tirar pontos do Vitória por suposta irregularidade de Victor Ramos.

A diretoria do Internacional foi ao STJD alegando que o registro do zagueiro do time baiano era irregular porque sua transação com o Monterrey do México não respeitara as regras da Fifa. Com isso, queria tirar pontos do Vitória e evitar o rebaixamento. A CBF alegou que a transferência era regular. O tribunal acabou arquivando o caso.

No dia 9 de dezembro, poucos dias após a ação do Inter, a confederação divulgou seu novo regulamento de competições. Entre outras novidades, incluiu um novo parágrafo 3 do artigo 35 que trata dos registros dos jogadores.

Diz o texto: ''§ 3o Eventual irregularidade de ato de registro e/ou transferência não se confunde com irregularidade da condição de jogo, sendo de competência da CNRD, na forma do Art. 63, §1o do Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol (RNRTAF), apreciar e julgar tais irregularidades''.

Com isso, o jogador não poderá ser considerado irregular por problemas no registro, segundo dois advogados ouvidos. O caso irá para a comissão que trata de registros e transferências. Eventual irregularidade poderá ser punida com multas, advertência ou proibição de registrar. Mas não haverá mais possibilidade de tirar pontos no STJD como antes.

O caso de Victor Ramos não é único. Era comum que clubes procurassem problemas no registro de atletas de outros clubes. Na década passada, o São Paulo perdeu pontos no STJD para o Botafogo por causa de irregularidade no registro de Sandro Hiroshi, o que permitiu ao time alvinegro impedir o rebaixamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PAVIMENTAÇÃO
Delia viabiliza R$ 1 milhão com Mandetta para asfalto do Jequitibás
BENEFÍCIO
UFGD abre nesta segunda-feira inscrições para Auxílio Transporte
JOÃO PAULO II
Usuário “denuncia” e PM fecha boca de fumo no João Paulo
JARDIM NOVO HORIZONTE
Homem executado em Dourados possuía passagens pela polícia
TELEVISÃO
'Dança dos Famosos': Raul Gazolla e Thiago Pereira deixam a competição
ESPORTES
Olimpíadas do Servidor seguem com inscrições abertas até amanhã
MEIO AMBIENTE
Foragido da justiça é preso após denúncia de infração ambiental
CONCURSO
IBGE abre hoje processo seletivo para 1.152 vagas temporárias de recenseador
POLÊMICA
Nova lista suja do trabalho escravo tem 132 empresas
DOURADOS
Lúcio Damália é eleito para mais um mandato no Sindicato Rural

Mais Lidas

JARDIM NOVO HORIZONTE
Homem é executado com vários tiros em Dourados
APÓS FUGA
Dupla é presa por porte ilegal e efetuar disparos em via pública
ZONA RURAL
Grupo armado sequestra casal, mulher foge e homem está desaparecido
AMAMBAI
Acidente na rodovia MS-156 mata universitário de 30 anos