Menu
Busca terça, 17 de julho de 2018
(67) 9860-3221

TV Morena é a grande vencedora do Prêmio MS Industrial de Jornalismo

26 maio 2011 - 11h32

Com a reportagem “A Cerâmica como força do desenvolvimento industrial na região norte de MS”, a equipe da TV Morena, composta por Ginez César, Marcela Albres, Wilson Bisol e José Reinaldo, foi a grande vencedora do Prêmio MS Industrial de Jornalismo da Fiems, que teve a cerimônia de entrega realizada na noite de quarta-feira 25/05), Dia da Indústria, no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande. Eles receberam das mãos do presidente do Fiems, Sérgio Longen, um cheque no valor de R$ 10 mil, enquanto os gerentes Nicomedes Silva Filho (executivo) e Alfredo Singh (jornalismo) receberam o troféu de grande vencedor do Prêmio.

Ao entregar o Prêmio à equipe vencedora, que também já tinha ganhado o 1º lugar na categoria telejornalismo, embolsando um cheque no valor de R$ 6 mil e um troféu, Sérgio Longen lembrou sobre a importância de a indústria e a imprensa manter a conexão existente hoje e reforçou que ambas sempre estiveram à frente das grandes transformações, como símbolos emblemáticos da evolução dos tempos. “Além da base tecnológica, a imprensa também se movimenta sob o pilar da liberdade de expressão, garantia de informação objetiva, de multiplicidade de conhecimento. Ética e imparcialidade a serviço da democracia e da Justiça”, reforçou.

Ele completou que o Prêmio MS Industrial de Jornalismo é o reconhecimento dessa prática isenta e plural dos profissionais do Estado, de Campo Grande e de todos os municípios. “Vale ressaltar que este é o único Prêmio dedicado à imprensa em todo sistema indústria no País. Fomos os mais abrangentes possíveis, segmentando-o em 6 categorias, inclusive a universitária, para possibilitar a participação de todos quanto se propuseram a tratar do tema indústria em suas produções jornalísticas. Estamos premiando os profissionais e também os veículos”, destacou, pontuando que o Prêmio é o reconhecimento a quem já identifica a indústria como a nova força para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

O gerente de jornalismo da CNI, Jocimar Nastari, que prestigiou a cerimônia de premiação, exaltou a iniciativa do Sistema Fiems de homenagear os trabalhos jornalísticos sobre o setor industrial de Mato Grosso do Sul, que está em franco desenvolvimento. “Aproveito a participação nesse evento para colher experiências, pois a CNI pretende criar um prêmio semelhante como reconhecimento às reportagens produzidas em nível nacional sobre as indústrias. O nosso projeto já está no forno e em breve será uma realidade”, pontuou.

Vencedores

Para o jornalista Ginez César, a reportagem proporcionou um maior aprofundamento sobre o desenvolvimento industrial de Mato Grosso do Sul e, em especial da região norte do Estado. O gerente comercial Nicomedes Filho ressaltou o trabalho da equipe da TV Morena e classificou o Prêmio como o reconhecimento do esforço do jornalismo da emissora de divulgar ações positivas. Já o gerente de jornalismo Alfredo Singh completou que o reconhecimento da Fiems é mais um estímulo para que a TV Morena continue a pautar matérias que demonstrem o desenvolvimento sul-mato-grossense.

O jornalista Heraldo Pereira, repórter do Jornal da Globo e apresentador do Jornal Nacional, que também participou da cerimônia de premiação dos vencedores das 6 categorias - jornalismo impresso, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo e universitário -, além do grande ganhador, ressaltou a importância da iniciativa da Fiems e destacou a força dos novos nichos da comunicação, como é o caso do webjornalismo. “Os sites de notícias merecem um olhar mais atento”, disse.

Lançado no dia 23 de agosto do ano passado, o Prêmio MS Industrial de Jornalismo, que teve um total de 36 inscrições nas seis categorias, ofereceu R$ 53 mil em dinheiro aos autores das melhores reportagens sobre o setor industrial e o seu papel estratégico no desenvolvimento estadual, além de evidenciar o papel do Sistema Fiems no apoio integral à produção. Na categoria jornalismo impresso, a reportagem vencedora foi a “Indústria já gera riqueza superior ao agronegócio”, escrita pela jornalista Adriana Molina, do Correio do Estado, enquanto no radiojornalismo a reportagem campeã foi a “Cooperativa abre caminho de emprego para mulheres de Ribas do Rio Pardo”, feita pela jornalista Ana Carolina, da Rádio Web MS.

Já na categoria webjornalismo o 1º foi a reportagem “Setor sucroenergético é responsável por 5,6% dos empregos em MS”, produzida pelo jornalista Anderson Viegas, do Canal da Cana, sendo que na categoria fotojornalismo o vencedor foi o repórter-fotográfico Valdenir Rezende, do Correio do Estado, ilustrando a reportagem “Empresas vão abrir 7,1 mil novos empregos”. Na categoria universitário, a campeã foi a acadêmica Ellen da Silva Rocha, do curso de Jornalismo da Uniderp, com a reportagem “Investimentos em capacitação promovem o desenvolvimento”.

Confira abaixo a lista dos vencedores:

Jornalismo impresso

1º. Adriana Molina (Correio do Estado)
2º. Edivaldo Bitencourt (Correio do Estado)

Radiojarnalismo

1º. Ana Carolina de Souza (Rádio Web MS)
2º. Neiba Ota (Rádio Blink)

Telejornalismo

1º. Ginez César, Marcela Albres, Wilson Bisol e José Reinaldo (TV Morena)
2º. Débora Alves, Cleido Medeiros, Claudiney Cavalcanti, Ademir Cláudio, Marcelo Leite e Christiane Yanaguita (TV Campo Grande)

Webjornalismo

1º. Anderson Viegas (Canal da Cana)
2º. João Humberto (Site Entreattos)

Fotojornalismo

1º. Valdenir Rezende (Correio do Estado)
2º. João Garrigó (Campo Grande News)

Universitário

1º. Ellen da Silva Rocha (Uniderp)
2º. Thaiany Regina da Silva (UCDB)

Grande vencedor do Prêmio MS Industrial de Jornalismo

1º. TV Morena (Ginez César, Marcela Albres, Wilson Bisol e José Reinaldo)


Deixe seu Comentário

Leia Também

GATA
Atriz Taís Araújo exibe corpão em clique de biquíni na praia
LIMINAR
Justiça proíbe Crivella de usar máquina para beneficiar grupos religiosos
4ª FASE
Copa Assomasul fecha rodada em Itaquiraí com 10 equipes classificadas
QUADRILHA
Motorista cai no golpe do falso frete, é feito refém e perde caminhão
TECNOLOGIA
Tribunal de Justiça aprimora a proteção contra ameaças digitais
CAMPO GRANDE
Caminhoneiro é preso por desviar carga de carne para revender
SIDROLÂNDIA
Prefeitura abre concurso com 207 vagas e salários de até R$ 11 mil
BATAGUASSU
Motorista perde o controle e abandona carro carregado com maconha
UFGD
Chamada Pública seleciona Cases de Sucesso de Empresas Juniores
MARACAJU
Ladrões invadem fazenda e furtam soja avaliada em R$ 70 mil

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
BUSCAS
Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido em Dourados
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa
DOURADOS
Polícia prende assassino de mecânico morto a pauladas