Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
HOMENS

Tratamento HIFU para o câncer de próstata é tão efetivo quanto cirurgia e radioterapia

13 setembro 2018 - 12h34

Um novo estudo realizado em seis hospitais pelo Reino Unido monitorou 625 homens com câncer de próstata, que receberam o tratamento chamado de ultrassom focalizado de alta intensidade (HIFU, sigla em inglês).

A pesquisa publicada no jornal European Urology é o maior estudo já realizado sobre o tratamento HIFU focal para tumores prostáticos. O tratamento é similar a “tumorectomia”, usada para tratar outros tipos de câncer – onde é feita a remoção apenas das células cancerígenas, deixando o maior número de células saudáveis possíveis.

A conclusão do estudo indicou que depois de 5 anos a taxa de sobrevivência dos pacientes tratados com o HIFU é de 100%. Aproximadamente, 1 em 10 homens precisou de algum tratamento posterior. A taxa de sobrevivência dos tratamentos tradicionais, como a radioterapia e cirurgia, também é de 100% após 5 anos.

O último teste realizado com o HIFU sugeriu que a técnica pode ser capaz de combater o câncer com ainda menos efeitos colaterais. A pesquisa também mostrou que o risco de efeitos indesejados da utilização do HIFU, como incontinência urinária e disfunção erétil, foram menores que os apresentados por outros tratamentos, de 2% e 15% respectivamente.

A cirurgia convencional e a radioterapia são tratamentos eficientes para tratar toda a próstata, mas a qualidade de vida desses pacientes tem que ser levada em consideração. Os tratamentos tradicionais podem levar ao desenvolvimento de problemas urinários em 5 a 30% dos casos. Além do risco de ocasionar disfunção erétil de 30 a 60%. A radioterapia também pode causar desordens retais com diarreias frequentes e desconforto em 5% dos pacientes.

No Brasil, o Uro-oncologista presidente da Associação Latino-americana de Uro-Oncologia (UROLA), Dr. Marcelo Bendhack é um dos pioneiros no emprego do HIFU, tendo realizado o procedimento com sucesso em centenas de pacientes. “A técnica aplica uma energia acústica (ultrassônica) num ponto específico e em questão de segundos resulta na destruição apenas do tecido onde o tumor está localizado, eliminando-o para a cura”, explica Dr. Marcelo Bendhack. O paciente com maior seguimento, tratado de modo focal pelo grupo do dr. Bendhack, apresenta evolução livre de doença há mais de 11 anos.

No novo estudo sobre o HIFU, conduzido em homens com média de idade de 65 anos, em que o câncer não se espalhou para outros órgãos, o risco de incontinência urinária passados cinco anos da realização do tratamento foi de apenas 2%, e o risco de disfunção erétil foi de 15%, em casos de câncer de médio e alto risco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luisa Sonza relata críticas após procedimento: 'Acharam feio'
MEDIDA
ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico
LADÁRIO
Três pessoas ficam feridas em capotagem de carro
INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor
BRASIL
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados