Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
HOMENS

Tratamento HIFU para o câncer de próstata é tão efetivo quanto cirurgia e radioterapia

13 setembro 2018 - 12h34

Um novo estudo realizado em seis hospitais pelo Reino Unido monitorou 625 homens com câncer de próstata, que receberam o tratamento chamado de ultrassom focalizado de alta intensidade (HIFU, sigla em inglês).

A pesquisa publicada no jornal European Urology é o maior estudo já realizado sobre o tratamento HIFU focal para tumores prostáticos. O tratamento é similar a “tumorectomia”, usada para tratar outros tipos de câncer – onde é feita a remoção apenas das células cancerígenas, deixando o maior número de células saudáveis possíveis.

A conclusão do estudo indicou que depois de 5 anos a taxa de sobrevivência dos pacientes tratados com o HIFU é de 100%. Aproximadamente, 1 em 10 homens precisou de algum tratamento posterior. A taxa de sobrevivência dos tratamentos tradicionais, como a radioterapia e cirurgia, também é de 100% após 5 anos.

O último teste realizado com o HIFU sugeriu que a técnica pode ser capaz de combater o câncer com ainda menos efeitos colaterais. A pesquisa também mostrou que o risco de efeitos indesejados da utilização do HIFU, como incontinência urinária e disfunção erétil, foram menores que os apresentados por outros tratamentos, de 2% e 15% respectivamente.

A cirurgia convencional e a radioterapia são tratamentos eficientes para tratar toda a próstata, mas a qualidade de vida desses pacientes tem que ser levada em consideração. Os tratamentos tradicionais podem levar ao desenvolvimento de problemas urinários em 5 a 30% dos casos. Além do risco de ocasionar disfunção erétil de 30 a 60%. A radioterapia também pode causar desordens retais com diarreias frequentes e desconforto em 5% dos pacientes.

No Brasil, o Uro-oncologista presidente da Associação Latino-americana de Uro-Oncologia (UROLA), Dr. Marcelo Bendhack é um dos pioneiros no emprego do HIFU, tendo realizado o procedimento com sucesso em centenas de pacientes. “A técnica aplica uma energia acústica (ultrassônica) num ponto específico e em questão de segundos resulta na destruição apenas do tecido onde o tumor está localizado, eliminando-o para a cura”, explica Dr. Marcelo Bendhack. O paciente com maior seguimento, tratado de modo focal pelo grupo do dr. Bendhack, apresenta evolução livre de doença há mais de 11 anos.

No novo estudo sobre o HIFU, conduzido em homens com média de idade de 65 anos, em que o câncer não se espalhou para outros órgãos, o risco de incontinência urinária passados cinco anos da realização do tratamento foi de apenas 2%, e o risco de disfunção erétil foi de 15%, em casos de câncer de médio e alto risco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Sereia! Ex-BBB Carol Peixinho faz foto embaixo d'água e ganha elogios
PARANAÍBA
Caminhão bate frontalmente com motocicleta e rapaz morre em rodovia
MEIO AMBIENTE
Fazendeiro é multado em R$ 5,5 mil por exploração ilegal de madeira
DOURADOS
Garantidos recursos para 1ª etapa do Hospital da Mulher e da Criança
RIBAS DO RIO PARDO
Avô e neta morrem após caminhonete bater de frente em carreta
CONCURSO
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas
AMAMBAI
Morto a tiros em frente a conveniência era 'braço direito' de Jarvis Pavão
FESTA
Arraiá Universitário da UFGD será realizado nos dias 02 e 03 de agosto
GENERAL OSÓRIO
Mulher de 57 anos é assaltada quando trafegava de bicicleta
PRAZO
Inscrição para professores fiscalizar provas do Enem termina amanhã

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
CLONE
Veículo roubado no Brasil é recuperado com deputado paraguaio