Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018
ROTEIRO&VIAGENS

Taubaté em São Paulo, preserva literatura de Monteiro Lobato com o ‘Sítio do Picapau Amarelo’

16 outubro 2017 - 11h26Por Férias Brasil

No interior de São Paulo, dois moradores ilustres garantem a Taubaté, lugar de destaque no mapa turístico com os saudosos e talentosos Monteiro Lobato e Amácio Mazzaropi. Conhecer os lugares onde o escritor e o cineasta viveram é um programão.

A chácara do avô, onde Monteiro Lobato passou boa parte da infância, ganhou o nome da obra-prima do mestre, Sítio do Picapau Amarelo, visitado por crianças e adultos, num espaço de 20 mil metros quadrados de área verde, frequentado também pelos personagens da estória, como Dona Benta, Tia Anastácia, Emília, Visconde, Pedrinho, Narizinho. O sítio ganhou um Museu Histórico e Pedagógico com biblioteca e toda a literatura infantil do autor. 

Já no Museu Mazzaropi, as atrações ficam por conta dos objetos originais utilizados nas gravações, dos cenários e das muitas fotos do ator. Merece atenção o acervo cinematográfico com mais de 30 filmes, sendo a maioria protagonizada por personagens simplórios, como o caipira Jeca Tatu, que fez enorme sucesso nas décadas de 50 a 70.
 
Para celebrar as contribuições culturais dos dois grandes nomes, Taubaté promove a Semana Mazzaropi & Monteiro Lobato na segunda quinzena do mês de abril. A intensa programação inclui exposições fotográficas e de objetos, apresentações de filmes e de peças teatrais, exposições de objetos e utensílios, além de saraus e serestas. 

O evento movimenta ainda o Sítio do Pica-Pau Amarelo, o Teatro Metrópole e os parques Monteiro Lobato e Vale do Itaim.

Na Divisão de Museus, um centro cultural formado por quatro pequenos museus divide um casarão típico dos barões de café, destacando a coleção formada por fotos, objetos, documentos e mapas de época. 

Na hora de almoçar, todos os caminhos levam ao distrito de Quiririm, onde uma comunidade italiana mantém os costumes dos imigrantes que chegaram no século 19. Visite o Mercato della Colônia, um galpão com cantinas e estandes de vinhos, massas, queijos e embutidos. Nas ruas ao redor também é grande a oferta de restaurantes. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”
DOURADOS
Para coordenador da Funai, afirmação de Bolsonaro “incita ódio e não ajuda em nada”
INDÁPOLIS/LAGOA BONITA
Após acidentes, polícia deve reforçar fiscalização na MS-276
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 6,2 milhões amanhã
AGENDA
Governador participa de ação do Programa Vale Renda neste sábado
MS-276
Idoso morre atropelado ao tentar atravessar rodovia
PONTA PORÃ/DOURADOS
Dupla é presa com mais de 100kg de maconha na BR-463
CAMPO GRANDE
Funcionário morre em pátio de cargas de aeroporto após passar mal
DOURADOS
Semaf divulga lista de selecionados para “Projeto Peixe”
MAIS UM ACIDENTE
Atropelamento deixa um morto próximo a Lagoa Bonita

Mais Lidas

MS-276
Homem morre em acidente entre Indápolis e Lagoa Bonita
DOURADOS
Fundadora de creche vai à polícia após denúncia de agressão
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá
AVENIDA INDAIÁ
Baleada em assalto em Dourados passa por cirurgia