Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
ROTEIRO&VIAGENS

Taubaté em São Paulo, preserva literatura de Monteiro Lobato com o ‘Sítio do Picapau Amarelo’

16 outubro 2017 - 11h26Por Férias Brasil

No interior de São Paulo, dois moradores ilustres garantem a Taubaté, lugar de destaque no mapa turístico com os saudosos e talentosos Monteiro Lobato e Amácio Mazzaropi. Conhecer os lugares onde o escritor e o cineasta viveram é um programão.

A chácara do avô, onde Monteiro Lobato passou boa parte da infância, ganhou o nome da obra-prima do mestre, Sítio do Picapau Amarelo, visitado por crianças e adultos, num espaço de 20 mil metros quadrados de área verde, frequentado também pelos personagens da estória, como Dona Benta, Tia Anastácia, Emília, Visconde, Pedrinho, Narizinho. O sítio ganhou um Museu Histórico e Pedagógico com biblioteca e toda a literatura infantil do autor. 

Já no Museu Mazzaropi, as atrações ficam por conta dos objetos originais utilizados nas gravações, dos cenários e das muitas fotos do ator. Merece atenção o acervo cinematográfico com mais de 30 filmes, sendo a maioria protagonizada por personagens simplórios, como o caipira Jeca Tatu, que fez enorme sucesso nas décadas de 50 a 70.
 
Para celebrar as contribuições culturais dos dois grandes nomes, Taubaté promove a Semana Mazzaropi & Monteiro Lobato na segunda quinzena do mês de abril. A intensa programação inclui exposições fotográficas e de objetos, apresentações de filmes e de peças teatrais, exposições de objetos e utensílios, além de saraus e serestas. 

O evento movimenta ainda o Sítio do Pica-Pau Amarelo, o Teatro Metrópole e os parques Monteiro Lobato e Vale do Itaim.

Na Divisão de Museus, um centro cultural formado por quatro pequenos museus divide um casarão típico dos barões de café, destacando a coleção formada por fotos, objetos, documentos e mapas de época. 

Na hora de almoçar, todos os caminhos levam ao distrito de Quiririm, onde uma comunidade italiana mantém os costumes dos imigrantes que chegaram no século 19. Visite o Mercato della Colônia, um galpão com cantinas e estandes de vinhos, massas, queijos e embutidos. Nas ruas ao redor também é grande a oferta de restaurantes. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Chamadas de fixo para celular ficarão em média 0,4% mais baratas
UEMS
Universidade abre concurso para professores em quatro cidades de MS
AQUIDAUANA
Homem escorrega em barranco e desaparece nas águaa do Rio Negro
FENÔMENO
Vem aí a última chuva de meteoros do ano; veja dicas para observar
CAPITAL
Vendedora de salgados acha bolsa com o 13° de idosa e devolve
CAMPO GRANDE
Mulher cai em golpe do prêmio por telefone e perde quase R$ 3 mil
REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias
JUSTIÇA
Nova diretoria da Amamsul será empossada na próxima sexta-feira
EDUCAÇÃO
UEMS divulga versão preliminar do Projeto Pedagógico Institucional
JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto