Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Ovinocultura traz perspectivas ao mercado

21 maio 2011 - 07h03

A cadeia da Ovinocultura teve espaço garantido nos eventos técnico-marcadológico na 47ª Expoagro. Nesta sexta-feira (20), aconteceu o IV Simpósio de Ovinocultura: Exigências de Mercado, comercialização e custos. Centenas de pessoas, entre produtores e universitários, estiveram presentes no auditório do Parque de Exposições João Humberto de Carvalho no evento realizado pela ASCOGRAN, UFGD/FCA, Embrapa e Sindicato Rural de Dourados.

Foram discutidos temas que visam a padronização e melhora na qualidade da carne de ovinos e a atual situação do mercado para o ramo, além de um debate entre os presentes que possibilitou uma troca de experiência e esclareceu dúvidas sobre essa cadeia de produção que, até pouco tempo, não era muito visada mas agora está em constante crescimento.

O consultor, mestre em agronegócios, André Sorio falou sobre a ‘Comercialização da carne ovina’ e destacou o crescimento na demanda. “Só não se vende mais, porque não se produz, mas, a procura no mercado é cada vez maior”, disse Sorio que também ressaltou a tecnologia que está presente com a produção de ovinos.

De acordo com o consultor, eventos como esse simpósio fazem com que os produtores queiram investir cada vez mais, e esse investimento também envolve a tecnologia, seja em pesquisas, aprimoramento genético ou equipamentos para a criação de ovinos. Um exemplo é a Central Sanga Puitã BioGlobal - Central de reprodução de ovinos e bovinos – Sêmen, embrião, tecnologia e serviços que trabalha com cruzamento de raças.

Sobre o investimento no ramo, Sorio conta ser um negócio lucrativo. “Há o diferencial no mercado, o preço é favorável e a demanda crescente”, afirmou ele, dizendo também que a questão da resistência existente sobre a comercialização da carne deve-se à produção que ainda não atende a demanda.

A universitária Daiane Silva, do curso de Zootecnia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), diz ter mudado sua visão sobre o ramo e acha importante ter a oportunidade de participar de eventos como esse. “É um bom campo pra trabalhar e investir. Para gente que está se preparando para entrar no mercado é um grande aprendizado”, contou.

(Colaborou Jhonatan Xavier do curso de Jornalismo da Unigran)

Deixe seu Comentário

Leia Também

PORTO MURTINHO
Homem é preso com carne de jacaré ilegal no interior de veículo
UFGD
Projeto para construção de aeromodelos está com inscrições abertas
EMPREGO
Comarca de Mundo Novo abre seleção para estagiários de Direito
CAMPO GRANDE
Operário é salvo por colegas após ser soterrado em construção
ITAPORÃ
Prefeito reduz o próprio salário, do vice e de gerentes municipais
AQUIDAUANA
Mulher esfaqueia marido e diz que levou 'surra com galho de árvore'
ECONOMIA
Dólar encerra dia em alta, cotado a R$ 3,76; Bovespa também cai
DOURADOS
Homem é preso após roubar bermudas em loja
ECONOMIA
Russos reafirmam interesse na fábrica de fertilizantes em MS
MS
Memorial da Justiça do Trabalho inaugurado hoje será ponto turístico da Capital

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados