Menu
Busca Sexta, 20 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Maximos
SAÚDE

Você sabe o que esta comendo?

07 Agosto 2017 - 06h33

A correria do dia a dia, aliada à massiva oferta de produtos industrializados e fast food, tornou-se vilã da saúde do brasileiro, tornando-o cada vez mais adepto a produtos industrializados. Assim, cabe ao consumir a opção em entender sobre os rótulos, que é uma forma de comunicação entre os produtos e os consumidores.

Vejam algumas informações que sempre devem estar presentes nos rótulos e dicas importantes:

Lista de Ingredientes: Informa os ingredientes que compõem o produto. Lendo a lista o consumidor pode identi?car a presença de termos, como açúcar, sacarose, glicose, ou outros tipos de açúcar, como a dextrose. Fique atento, pois a lista de ingredientes está em ordem decrescente, mostrando primeiro o que tem em maior quantidade e terminando com o que tem menor quantidade. Nessa lista pode-se identificar se o produto realmente é integral, tendo que conter a farinha integral como primeiro ingrediente.

Porção: É a quantidade média do alimento que deve ser usualmente consumida por pessoas sadias a cada vez que o alimento é consumido. É importante atentar-se na porção! O grande erro é avaliar o produto por esse quesito. Por exemplo, em um pacote de bolacha recheada, o consumidor analisa somente a quantidade de açúcar e gordura e não se atenta que aquela informação é para somente 30g do produto (cerca de duas unidades), talvez a porção de 3 bolachas não contenha gordura trans (na verdade contém, mas é uma quantidade mínima que não é considerada pela Anvisa), mas se a pessoa comer mais que uma porção, pode estar consumindo uma quantidade significativa de gordura trans.

Medida Caseira: Indica a medida normalmente utilizada pelo consumidor para medir alimentos. Por exemplo: fatias, unidades, pote, xícaras, copos, colheres de sopa. Esta informação ajuda o consumidor a entender melhor as informações nutricionais.

Gorduras Saturadas: Tipo de gordura presente em alimentos de origem animal. São exemplos: carnes, toucinho, pele de frango, queijos, leite integral, manteiga, requeijão, iogurte. O consumo desse tipo de gordura deve ser moderado porque, quando consumido em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração.

Gorduras Trans: Tipo de gordura encontrada em grandes quantidades em alimentos industrializados como as margarinas, biscoitos, sorvetes, produtos de pani?cação e alimentos fritos que utilizam as gorduras vegetais hidrogenadas na sua preparação. O consumo desse tipo de gordura deve ser muito reduzido, considerando que o nosso organismo não necessita desse tipo de gordura e ainda porque, quando consumido em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração. Não se deve consumir mais que 2 gramas de gordura trans por dia. O nome trans é devido ao tipo de ligações químicas que esse tipo de gordura apresenta. Fujam dele!

Fibra Alimentar: Está presente em diversos tipos de alimentos de origem vegetal, como frutas, hortaliças, feijões e alimentos integrais. A ingestão de ?bras auxilia no funcionamento do intestino. Para verificar se um produto é realmente rico em fibras, opte por aqueles com mais de 3g de fibra alimentar por porção.

Sódio: Ele pode aparecer na embalagem como glutamato, ciclamato, caseinato, citrato e propionato, por exemplo. Deve ser consumido com moderação uma vez que o seu consumo excessivo pode levar ao aumento da pressão arterial. Evite os alimentos como os temperos prontos, salgadinhos e produtos em conserva. A ingestão de sódio recomendada pela OMS e pelo Ministério da Saúde é de 2g por dia - uma colher de chá.

No mais, saiba que aquele produto que tiver menos ingredientes, menos nomes que remetem a um produto químico e que não tenha o açúcar como primeiro ingrediente é um forte candidato para ser levado para casa, além disso não esqueça que a indústria alimentícia sabe muito bem como manipular o consumidor a confiar em produtos quase que milagrosos. Na verdade a orientação é desembale menos e descasque mais, pois nada substitui um bom prato de arroz e feijão ou frutas cortadas em casa e levadas na bolsa. Comida de verdade! Mas então o que eu como para facilitar minha correria do dia a dia? Procure um profissional nutricionista apto realmente a lhe orientar.

Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News. E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com*

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Cartão de confirmação da inscrição do Enem já está disponível
DOURADOS
Ladrão invade metalúrgica e leva computadores
CHUVOSO
Sol tira folga e final de semana deve ser com chuva em Dourados
PARQUE DO IVINHEMA
Incêndio que consumiu 28 mil hectares de parque é controlado
EDUCAÇÃO
Termina hoje prazo de inscrição do Enem para privados de liberdade
TELEVISÃO
Internautas se surpreendem com Vinicius D'black no 'The Voice Brasil'
FRONTEIRA EM GUERRA
Brasileiros são executados em Pedro Juan Caballero
DOURADOS
Atendimento de ônibus deve zerar fila de exames de mamografia
ESPORTES
27ª edição da Corrida e da Caminhada da Saúde será no domingo
SAÚDE&ESTÉTICA
Conhecida também como faringite, dor de garganta é comum nesta época do ano

Mais Lidas

VENTO E TERRA
Ventos e ‘tempestade de terra’ deixa douradenses em estado de atenção
VENTANIA
Internautas captam várias imagens da ‘tempestade de terra’ em Dourados; confira
VENTOS DE 46KM/H
Vídeo mostra árvore “esmagando” veículo em Dourados
ESTRELA PORÃ
Pai é suspeito de ter estuprado a filha em Dourados