Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Onicofose x unha encravada

05 julho 2019 - 16h08Por Podóloga Neide/Dourados News
Quando notamos um aumento no volume da pele ao redor das unhas é normal deduzirmos que se trata de unha encravada, o que é compreensível pois é um problema que aparece de forma recorrente nos nossos pés. Porém existe uma patologia que é tão comum quanto a unha encravada e que, por possuir caraterísticas semelhantes, podemos facilmente confundi-las: a Onicofose. 
 
Assim como os calos (que falamos com mais detalhes neste caderno), a Onicofose é uma defesa do corpo. 
 
Ela atinge exclusivamente as unhas e a pele ao redor dela – diferente dos calos que aparecem nas outras áreas dos pés -, e é caracterizada pelo surgimento de um excesso de pele na área. 
 
Essa pele extra nasce quando o corpo, como forma de proteção, produz mais queratina que é uma proteína essencial na composição dos tecidos. 
 
As causas são as mesmas que as do calo: a pressão e atrito intenso exercidos sob certa área do pé, no caso da Onicofose esse atrito se concentra nas unhas.
 
Os fatores mais comuns para o surgimento da patologia são:
 
Uso de sapatos muito apertados, principalmente de bico fino, pois seu formato gera uma pressão extra nas unhas. 
 
Atividades que exigem muito dos pés como esportes ou trabalho 
 
Onicofose x unha encravada 
 
A importância de sabermos a diferença entre ambas é porque, apesar de gerarem incômodos semelhantes, cada uma tem causas e tratamentos distintos. Confundi-las pode tornar um problema simples em algo muito maior.
 
A unha encravada trata-se de uma infecção, como explicamos neste caderno, então seu tratamento será focado em tratar essa infecção e em descobrir o que causou ela. 
 
Já no tratamento da Onicofose, o podólogo irá primeiramente identificar o motivo que levou o corpo a reagir daquela maneira e orientar a melhor forma de evitar que isso se repita. 
 
Por exemplo, se causa for o calçado, o profissional irá orientar o melhor modelo para cada paciente. 
 
Depois de diagnosticado a causa, o podólogo irá remover por completo o excesso de pele já existente de forma que não lesione o tecido íntegro e, se necessário, fará a correção da curvatura da unha, pois ela também pode estar facilitando a aparição do problema, depois será feita a higienização da área e por fim o curativo.
 
É sempre bom ressaltar que é indispensável a consulta a um podólogo para tratar patologias relacionadas aos pés, tratar o problema em casa deixa a pele susceptível a infecções, além de não resolver o problema por completo.
 

 
 

 
 
Para mais informaçõe você pode procurar a podológa Neide Santos, que é uma das pioneiras na área da podologia aqui em Dourados.
Seu consultório fica na rua Dr. Camilo Hermelindo da Silva ,1046. O telefone para agendamento é o (67) 3427-6662.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Menor que apontou arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante
PANDEMIA
Em dia que confirma nova morte, MS se aproxima de 2 mil casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê realinha números com Estado e confirma 446 casos de Covid-19 em Dourados
MATO GROSSO DO SUL
Subsecretaria das Mulheres alerta sobre importância de denunciar crimes de violência sexual
DOURADOS
Toque de recolher segue estendido até taxa de isolamento melhorar
CASSEMS
Usina fotovoltaica vai abastecer rede hospitalar em julho
CONTRABANDO
Abordagens terminam com quase meio milhão de maços de cigarros apreendidos
EDUCAÇÃO
Prazo de coleta de dados do Censo da Educação Superior termina hoje
CRIME BÁRBARO
Homem que matou vítima violentamente é preso em Novo Horizonte do Sul

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
DOURADOS
Conselho aponta riscos de contaminação em massa por coronavírus no HV