Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
SAÚDE

Não descuide da pele no inverno!

08 julho 2019 - 14h25Por Blog Saúde.gov

Chegamos no inverno! Época boa para tirar os casacos do armário e sair por aí. Mas nesse climinha frio também temos de cuidar com a pele! Nessa época do ano a umidade do ar fica mais baixa, o vento mais forte, o sol mais intenso e a temperatura mais fria. O resultado dessa soma não é nada saudável para a nossa pele.

Tanto o corpo quanto o rosto podem ficar ressecados e até os pés sentem com as rachaduras. E o perigo é que, como os ventos são mais frios no inverno, as pessoas não sentem tanto a presença dos raios solares. Mas eles continuam sendo fortes, prejudicando a pele e causando o aparecimento de doenças por causa do ressecamento, alerta o dermatologista Luiz Fernando do Hospital das Clinicas da Universidade Federal de Goiás, vinculado à Rede Ebserh.

Por isso, é preciso tomar alguns cuidados para evitar tais sintomas. “Tomar água constantemente para hidratar o corpo e passar hidratante para evitar o ressecamento da pele”, contou ele.

O especialista ainda chama atenção para duas doenças que tendem a piorar nessa época do ano. “A dermatite atópica e a psoríase são doenças que pioram nesta época do ano, por isso, é preciso manter a pele sempre hidratada e não esquecer do filtro solar diariamente, mesmo em dias nublados”, explicou.

Para curtir o inverno sem medo, seja qual for o tipo de pele (seca ou oleosa), confira algumas dicas do dermatologista:

• Nessa época a pele pede por uma hidratação profunda, por isso, não deixe de passar bastante hidratante no corpo e rosto.

• Evite banhos quentes! A alta temperatura da água deixa a pele mais ressecada, tirando a camada natural de gordura da pele. Logo após o banho não deixar de hidratar a pele.

• Não esquecer do protetor solar.

• Usar protetor para os lábios. Uma dica é ter sempre um por perto

Doenças comuns no inverno

Dermatite atópica - doença genética, crônica e que apresenta pele seca, erupções que coçam e crostas. Seu surgimento é mais comum nas dobras dos braços e da parte de trás dos joelhos. Não é uma doença contagiosa. Podem-se tocar as lesões à vontade que não há nenhum risco de transmissão. A dermatite atópica pode também vir acompanhada de asma ou rinite alérgica, porém, com manifestação clínica variável. A característica principal da doença é uma pele muito seca que leva a ferimentos, além de outros sintomas, como, por exemplo: áreas esfoladas causadas por coceira, alterações na cor, vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas.

Psoríase - a doença se manifesta por lesões cutâneas, geralmente como placas avermelhadas, espessas, bem delimitadas, com descamação. Pode surgir em qualquer local do corpo, principalmente no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Existem várias formas de manifestação da doença, sendo a mais frequente a psoríase em placa, que ocorre em 80% a 90% dos pacientes.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Mais de 2 mil presos realizarão provas do Encceja em MS
FUTEBOL
Dois jogos abrem a 17ª rodada da Série B do Brasileirão
DOURADOS
Foragido da Justiça é preso ao dar entrada em hotel com RG falso
DOURADOS
Mulher é estuprada e agredida por dupla na Aldeia Jaguapiru
SERVIÇO PÚBLICO
“Transporte coletivo não leva aluno de porta em porta”, rebate Viação Dourados
DOURADOS
Acusado de participação no sequestro de família douradense se apresenta à polícia
TRÁFICO
Mulher é presa com droga em ônibus a caminho de Goiânia
MODA E CIA
Papo & Unhas
MS-376
Veículo fica completamente destruído e homem morre em acidente entre Vicentina e Fátima do Sul
LEGISLATIVO
Revogadas três leis para consolidação da Legislação Estadual

Mais Lidas

DOURADOS
Homem tem residência visitada por bandido e carro furtado
POLÍCIA
Homem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
ACIDENTE
Carro na contramão bate em van da banda Sampa Crew e deixa 1 morto e vários feridos
DOURADOS
Polícia investiga causas de acidente com morte na BR-163