Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
SAÚDE

Frieira: Entenda mais sobre o problema

21 junho 2019 - 15h06Por Podóloga Neide/Dourados News

Conhecido também como frieira, o pé de atleta é a infecção causada por fungos mais comum dentre todas que atingem a pele.  

Como é uma infecção fúngica, para surgir é necessário que haja um ambiente propício para o desenvolvimento do fungo. Nos seres humanos, na maioria dos casos, o seu desenvolvimento é favorecido pelo uso de meias e sapatos úmidos. Além disso, no caso da frieira, ela também é contagiosa, ou seja, o contato da pele com objetos contaminados como toalhas, pisos e sapatos também é uma forma de pegar a infecção. 

O pé de atleta se caracteriza pelo aparecimento de uma rachadura na pele da área atingida, mas os sintomas também podem incluir o surgimento de bolhas, coceira e vermelhidão além de sensação de queimação.  

Existem fatores de risco que podem facilitar o surgimento da infecção, são eles:

- Compartilhar calçados, toalhas, roupas de pessoas que tenham a infecção. 

- Pessoas do sexo masculino tem mais incidência 

- Usar meias e calçados apertados

- Andar descalço em lugares onde pode ser contaminado pela infecção (piscinas públicas, saunas, chuveiros)

- Ter imunidade baixa


A melhor maneira de prevenir o problema é evitar criar esse ambiente onde o fungo encontre facilidade de se desenvolver, a maneira que podemos fazer isso é sempre secar bem os pés e evitar utilizar sapatos apertados e meias úmidas. Também é recomendável não andar descalços em áreas que podem estar contaminadas, como dito antes, como piscinas públicas, chuveiros e saunas. 


Procurando ajuda


Se qualquer um desses sintomas citados anteriormente surgirem é recomendável procurar ajuda. O podólogo tem tratamentos específicos para esse tipo problema, fazendo ele desaparecer totalmente. 

Ao consultar o profissional de podologia ele irá recomendar o melhor tratamento para cada paciente, que pode incluir o uso medicamentos tópicos, laser e gás de ozônio.

O importante é que não deixe de consultar e saber qual o melhor caminho seguir, pois apesar de parecer inofensiva a infecção pode acarretar problemas maiores se não tratada da forma correta.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EVENTO
Turismo do MS é apresentado ao mercado norte-americano
BRASIL
STJ definirá se transportador pode perder veículo em razão do transporte, por terceiro, de mercadoria sujeita à mesma pena
BRASIL
Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva
MS
Viciados levam polícia até boca de fumo repleta de objetos roubados
BRASIL
Ministério da Saúde descarta caso de Coronavírus no país
DOURADOS
Clube de tiro promove show de comédia de nível nacional pelo segundo mês consecutivo
JANEIRO
Em média, uma pessoa contraiu dengue a cada dois dias em Dourados
STF
Fux extingue processo em que Suzane Richthofen buscava suspender publicação de biografia não autorizada
ESTADO
Mãe será indenizada após esperar liberação do corpo da filha por oito meses
ECONOMIA
Consumidores brasileiros esperam inflação de 5% nos próximos 12 meses

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira