Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Saiba o que fazer para acalmar o seu pet na hora dos fogos

30 dezembro 2012 - 10h00

Em época de fim de ano, os animais de estimação tendem a se assustar com os barulhos de fogos e muitos até fogem de suas casas tamanho é o medo que sentem. É o que diz o veterinário José Paulo Bernardes Júnior, do Hospital Veterinário da Pompéia, em São Paulo. Um pouco de algodão no ouvido, brincadeiras para distrair e atenção redobrada são alguns cuidados que os donos devem ter com os seus pets.

“O mais indicado é que o dono fique com o animal no lugar mais tranquilo da casa. Ele precisa se sentir seguro. O dono festar ao lado do pet durante a queima de fogos também é importante”.

Com portas e janelas fechadas, o jornalista e estudante de veterinária, Ricardo Osman, 55 anos, passa todos os finais de ano na sala de jantar da sua casa cercado por sua família- Cláudia, sua esposa, e os seus oito cachorros. Um deles Ricardo comprou e os outros sete foram tirados das ruas. “Toda vez, nesta época do ano, íamos para um hotel em São Francisco Xavier , na cidade de São José dos Campos (SP), mas os fogos eram muitos, e os bichinhos se assustavam. Agora nós só passamos em casa.”

Osman conta que não sai de perto dos cachorros, principalmente quando o barulho começa. “O mais assustado, o Gordo, sempre late muito. Daí eu puxo ele pra perto de mim e fico acariciando a cabeça dele pra mostrar que está tudo bem.”

O que pode ajudar também, explica o veterinário José Paulo, são brincadeiras para distrair. “Chamar a atenção pra outra coisa é sempre uma boa opção – o animal tende a focar mais em quem está ao seu lado, e a brincadeira vai puxar ainda mais a sua atenção.” Algodão e alguns calmantes podem ser usados, explica o veterinário, mas por serem muito invasivos, ele não recomenda.

Outro problema que o dono deve sempre ficar atento é a uma possível fuga de casa. “Um cachorro ou gato muito assustado e que não está sendo vigiado tem muita probabilidade de fugir de casa por medo, por isso o número de animais perdidos aumenta no Ano Novo”, diz João Paulo. Osman já trabalhou muito no feriado por causa dos pets dos vizinhos que fugiram. “Nunca aconteceu comigo, mas já tive que sair no meio da festa pra procurar os pets de vizinhos e amigos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios amostra corpo sequinho de biquíni em dia de piscina
UFGD
Com mais de 1.200 trabalhos inscritos, Enepex começa terça-feira
FRONTEIRA
Polícia apreende mais de R$ 300 mil em eletrônicos em para-choque
ELEIÇÕES 2018
Campanha de Delcídio divulga Nota sobre impugnação de candidatura
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com carregador e 20 chips nas partes intimas em presídio
TEMPO
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
MEIO AMBIENTE
Mineradora é autuada e fechada por extração ilegal de areia
ELEIÇÕES 2018
A partir de hoje, candidatos só podem ser presos em flagrante
CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista

Mais Lidas

DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano