Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
VIAGEM

Turista pode economizar até 30% com baixa temporada em Bonito

01 julho 2015 - 18h30

Em determinados períodos do ano, como de março a junho e de agosto a setembro, o turista consegue conciliar sossego e economia ao visitar a cidade de Bonito, um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. As informações são baseadas nos resultados divulgados pelo Observatório de Bonito, desenvolvido pelo Bonito Convention & Visitors Bureau (Bonito CVB) e Prefeitura Municipal de Bonito. Além da disponibilidade nos passeios, as empresas oferecem preços mais acessíveis e, com isso, o visitante consegue economizar cerca de 30% no valor total do pacote.

A cidade, que fica localizada a 290 km de Campo Grande, conta pelo menos 30 opções de passeios, 5.200 leitos em hotéis e pousadas. “Desta forma, o turista pode aproveitar ao máximo a viagem”, lembra a secretária de turismo de Bonito, Juliane Salvadori, que ressalta, ainda, os mais de 95 empreendimentos hoteleiros, 46 agências de viagens, guias de turismo e aeroporto com capacidade para atender bem os visitantes.

Conforme o presidente do Bonito CVB, Rodrigo Coinete, os dados apresentados no Observatório de Bonito confirmam que períodos de baixas temporadas também são os melhores para a realização de eventos. “É uma época em que a cidade recebe menos turistas que o de costume, logo, as opções de acomodação, bem como de lazer, são maiores. E também é uma das formas de manter sempre vivo o nosso turismo e aquecer a economia local”, destaca.

Dados

Se comparada aos meses anteriores, a taxa de ocupação nos hotéis de Bonito teve queda acentuada no mês de maio, e praticamente não houve variação nos valores das diárias médias dos hotéis, comparando com os meses de março e abril.

Em contrapartida, de acordo com o levantamento do Observatório, no mesmo mês, a Gruta do Lago Azul obteve taxa de ocupação de 49% e estima-se que a cidade recebeu cerca de 11.000 visitantes. Destes, a origem dos visitantes ao ponto turístico destacado, são de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul e, no âmbito internacional, EUA, Paraguai, Bolívia, Holanda e Austrália.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio
NOVA ANDRADINA
Adolescente que sufocou a filha de 28 dias fará tratamento psiquiátrico
RIO
Justiça nega indenização a Bolsonaro por declarações de Jean Wyllys
UEMS
Estão abertas as inscrições para Intercâmbio Sanduíche no Canadá
CAPITAL
Dupla em moto atira contra carro de autoescola; motorista é atingido
POLÍTICA
Câmara suspende decreto presidencial sobre sigilo de dados públicos

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura