Menu
Busca terça, 16 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
ROTEIRO&VIAGENS

Surpreenda-se com a Terra das Cataratas

15 setembro 2017 - 10h46

Foz do Iguaçu é uma cidade mundialmente conhecida por ser lar de uma das Sete Maravilhas da Natureza. De beleza descomunal, as Cataratas do Iguaçu são, sem dúvida, a principal atração turística do destino, mas é possível fazer muito mais ao visitar a Tríplice Fronteira. Para que vocês possam ter uma ideia de todas as possibilidades iguaçuenses, preparamos um guia sobre a cidade.

O que fazer

Embora haja outras coisas para fazer em Foz do Iguaçu, as Cataratas continuam sendo parada obrigatória. Quem visita a cidade e vai embora sem conhecer o conjunto de quedas d’água perde a viagem e terá que voltar para fazer o passeio, imperdível. Dentro do Parque Nacional do Iguaçu, as Cataratas não são as únicas atrações.

É possível praticar esportes radicais, como rapel, participar de trilhas e fazer outras atividades e passeios de acordo com a programação elaborada pelo próprio parque, que oferece toda a estrutura necessária para os visitantes viverem apenas o melhor de uma experiência inesquecível. Além de pagar pelo ingresso que garante entrada à reserva, as outras opções lá dentro também são pagas.

Para encerrar a visita, nada melhor que lanchar ou fazer uma refeição no Restaurante Porto Canoas, que fica em frente ao rio Iguaçu, com uma vista privilegiada. O Hotel das Cataratas está à disposição dos viajantes que querem uma vivência ainda mais completa, em contato com as belezas do Parque.

O Parque das Aves é outra atração turística que mais parece um refúgio natural, onde os turistas conhecem diversas espécies de aves e pássaros, caminhando entre o verde e os imensos viveiros.

Mais adiante, fica o mais recente atrativo pensado especialmente nos visitantes de Foz do Iguaçu: o Dreamland Museu de Cera foi inaugurado há pouco tempo e desde o momento em que abriu suas portas não parou de encantar os turistas, com as estátuas de cera, com os carros em exposição e ainda com o seu disputado parque dos dinossauros.

Depois de explorar esse lado da cidade, os viajantes podem ir ao outro extremo, mais especificamente na região onde fica a Usina Hidrelétrica de Itaipu. Assim como no Parque Nacional do Iguaçu, dentro da usina há diversas possibilidades aguardando os turistas. Os passeios guiados variam de acordo com o tempo de duração e programação, com destaque para a excursão feita dentro do Refúgio Biológico. Pouco antes de chegar à Usina, o visitante pode conhecer o Ecomuseu, um espaço dedicado à história da hidrelétrica, que realiza as mais variadas exposições.

Outra possibilidade turística ali pertinho é oferecida pelo grupo Skydrive, que realiza saltos de paraquedas, com os viajantes mais radicais, que não dispensam um novo contato com os destinos que visitam.

Onde comer

A rota gastronômica de Foz do Iguaçu está cada vez maior e melhor. No centro da cidade, as franquias de fast-food tomaram conta das principais ruas e avenidas, que não deixam de reservar um espaço todo especial para endereços tradicionais e em ascensão. Na Avenida Jorge Schimmelpfeng, além de pontos que são velhos conhecidos pelos iguaçuenses, como Rafain Chopp, Capitão Bar e Jardim da Cerveja, fica também o Laos Bar, onde a cultura oriental ganha destaque, tanto na decoração quanto no cardápio.

Na Rodovia das Cataratas, fica a Rafain Churrascaria. As refeições feitas ali ganham um aliado mais que especial: o show de danças típicas, que muda de tema a cada dia e que fascina os turistas, convidando todos a participarem do espetáculo.

Quando visitar

Assim como outras cidades turísticas do interior, a alta temporada de Foz do Iguaçu acontece durante os feriados prolongados e no final de ano, entre o natal e réveillon. Para quem quer fugir do agito, a dica é visitar o destino em outras épocas do ano, evitando feriados, por exemplo.

Outra dica muito importante sobre o melhor período para visitar Foz do Iguaçu é em relação à estação. Como as temperaturas vão de um extremo a outro, fazendo calor intenso no verão e muito frio no inverno, a dica é optar por épocas mais amenas, como primavera e outono. Para os dias de sol, esteja preparado com o seu protetor solar e óculos escuros, especialmente para fazer as visitações ao ar livre.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Núcleo de Línguas abre inscrições para provas de proficiência
SOLIDARIEDADE
Amambai se une na busca por idoso de 86 anos desaparecido
PROSEGUR
Oito brasileiros são condenados por mega-assalto no Paraguai
TRÁFICO
Jovens são flagrados com droga que seria entregue no Guarujá
ELEIÇÕES 2018
Denúncias de fraude em urnas serão registradas on-line
FUTEBOL
STJD nega recurso e Sassá está fora da final da Copa do Brasil
SHOWBIZ
Processado, Eduardo Costa rebate a ex e diz que ela quer se expor
UFGD
Abertas inscrições para 420 vagas em cursos de mestrado e doutorado
DECRETO DOS PORTOS
PF indicia Temer por corrupção, lavagem e organização criminosa
JUSTIÇA
Aérea é condenada a indenizar passageiros por malas danificadas

Mais Lidas

DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
JARDIM MONTE LÍBANO
Policiais douradenses são presos por assalto a família
DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular