13/09/2017 09h56 - Atualizado em 13/09/2017 09h56

Petrópolis tem 25ºC de temperatura no verão, será que vale a pena?


Da redação
Verão costuma ser quente, como já mencionamos, com mínimas acima de 15ºC e muito chuvoso
(Foto - Divulgação). Verão costuma ser quente, como já mencionamos, com mínimas acima de 15ºC e muito chuvoso
(Foto - Divulgação).

Vale muito a pena fugir do calor de até 40ºC que tem judiado de muita gente nos últimos dias, por isso, Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, é o lugar ideal para isso, lá as temperaturas chegam a 25ºC nesta época do ano, tudo bem que não é frio, mas é indiscutível que o calor é muito menor.

A cidade foi fundada com esta finalidade, Dom Pedro II resolveu fundar uma cidade para fugir do calor carioca, que passa dos 50ºC. Petrópolis ('cidade de Pedro') foi o lugar escolhido pela família imperial para passar os meses mais quentes do ano, atrás do ar puro e fresco das montanhas. A mais de 800 metros acima do nível do mar, foi planejada e construída por colonos alemães, que, além dos portugueses, também deixaram uma importante herança cultural para a cidade.

Petrópolis é um destino cheio de história, uma cidade segura e uma excelente escapada para dias de sossego, com muito verde em volta, a menos de 70 quilômetros da capital.

Quantos dias na cidade?

Dois dias inteiros em Petrópolis, ou seja, três pernoites são o tempo mínimo necessário para não deixar faltar nenhuma das atrações principais no roteiro. Se for se hospedar fora do centro de Petrópolis como em Corrêas, Araras ou Itaipava, adicione tantos dias couberem na sua agenda e no seu bolso, para curtir o hotel e fazer passeios pela Serra.

Pela proximidade da cidade do Rio de Janeiro e facilidade de acesso, Petrópolis também pode servir como bate-volta para quem está hospedado na capital. Com um dia livre para subir e descer a serra, você varia de ares e faz um belo passeio pelo centro histórico.

Quando ir?

Petrópolis pode ser visitada o ano inteiro, mas combina especialmente bem com o friozinho dos meses de junho, julho e agosto, que são também os meses mais secos. No inverno, as temperaturas mínimas chegam a ficar abaixo de 10ºC de madrugada, mas ao meio-dia do dia seguinte deve passar dos 20ºC.

O verão costuma ser quente, como já mencionamos, com mínimas acima de 15ºC e muito chuvoso. Se pretender viajar neste período, não vá sem antes dar uma conferida na previsão do tempo e na condição das estradas.

O que fazer?

A Bauernfest, festa do colono alemão, é o grande evento do calendário de Petrópolis. Costuma acontecer entre o final de junho e início de julho, levando danças típicas, comida alemã, muita cerveja e muita gente aos arredores do Palácio de Cristal.

Às segundas-feiras os museus fecham. Feriados costumam ser bem movimentados, por isso, reserve a hospedagem com antecedência, e esteja preparado para engarrafamentos na serra.

Onde ficar?

O melhor lugar para ficar em Petrópolis quando você viaja sem carro é no centro histórico. Nos hotéis mais bem localizados, você estará a apenas uma curta caminhada da maior parte das atrações turísticas da cidade, e com todo tipo de serviço (bancos, restaurantes, farmácias) disponível por perto.

Se você quer subir a serra para se desconectar da cidade grande, e o descanso é a sua prioridade número um, considere se hospedar em bairros afastados do centro, como na Fazenda Inglesa, ou nos arredores de Petrópolis, como em Corrêas, Araras, Vale do Cuiabá. Mas vá de carro, ou prepare-se para pagar a partir de R$ 150 a cada ida e volta do centro histórico.

Fique em Itaipava se quiser descansar, mas também estar perto do principal centro de compras e gastronomia, na estrada União e Indústria. Para hospedar-se por ali, estar de carro também é fundamental.

Envie seu Comentário