11/08/2017 12h06 - Atualizado em 11/08/2017 12h06

Dia dos Pais em Bonito com passeios nos rios cristalinos


Viaje na Viagem
É possível mergulhar na companhia dos peixes coloridos
(Foto: Divulgação). É possível mergulhar na companhia dos peixes coloridos
(Foto: Divulgação).

Bonito parece até nome-fantasia, como se tivessem batizado o lugar por causa da beleza dos seus rios cristalinos, povoados por peixes coloridos. Trata-se de uma coincidência. O povoado se formou dentro das terras da Fazenda Rincão Bonito, fundada em 1869, mais de um século antes de inventarem o termo ecoturismo.

O fato de Bonito ser bonito, porém explica apenas parte do seu sucesso. O diferencial de Bonito está em ser organizado, responsável e sustentável. Num país onde o turismo predatório impera, e piscinas naturais em alto-mar ficam tão apinhadas quantos banhos públicos japoneses, Bonito optou pela conservação.

Todos os atrativos, a maioria em propriedades privadas, têm plano de manejo e limite diário de visitação. Os visitantes são acolhidos em centros de recepção bem-equipados, onde recebem instruções para os passeios e são então guiados em pequenos grupos para o desfrute responsável da natureza. Na volta da flutuação, da caminhada, da cavalgada ou do banho de cachoeira, uma mesa farta de comida da fazenda, preparada no fogão a lenha, costuma estar à espera.

Para fazer os passeios é preciso reservar previamente, por meio das agências locais. Não adianta procurar a bilheteria na porta: não há como comprar ingresso na hora.

Envie seu Comentário