Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
UTILIDADES

Como funciona alugar no Airbnb?

02 maio 2019 - 16h09Por Guia Viajar Melhor

O Airbnb é um serviço online que une pessoas que querem alugar uma acomodação durante uma viagem, com pessoas locais que estão alugando apartamentos, quartos, casas para temporada ou experiências

Os anfitriões, como são chamados os proprietários dos imóveis, podem cadastrar diferentes meios de hospedagem na plataforma. Do outro lado da tela, viajantes do mundo todo podem alugar casas ou meios de hospedagem por um preço mais acessível. A dinâmica que conhecemos é igual a um aluguel de casa para temporada, mas em uma escala muito maior, disponível em praticamente todos os países do mundo.

Uma espécie de Uber dos alugueis para temporada, o Airbnb cresceu consideravelmente nos últimos anos. No Brasil a aceitação foi grande, seguindo uma das tendências da economia colaborativa que já vinha tomando força em outros setores como mobilidade, comunicação, redes sociais e outros.

 Dessa vez, essa tecnologia se consolidou no mercado do turismo e atualmente a empresa norte-americana está avaliada em cerca de 30 bilhões de dólares, segundo publicado no CanalTech. Como toda boa startup, a marca surge com uma ideia inovadora que revoluciona o mercado de atuação em pouco tempo e de forma escalável. Entenda um pouco como funciona o aluguel no Airbnb e conheça mais uma forma de viajar gastando menos. 

Como funciona alugar no Airbnb?


Nesse serviço todo mundo ganha. Pessoas com imóveis ociosos podem ganhar uma renda extra alugando esses espaços, assim como pessoas físicas podem criar experiências na plataforma ou alugar suítes desocupadas. Para o consumidor, viajantes do mundo todo têm mais opções de encontrar meios de hospedagem, centralizado tudo em um único lugar, e em alguns casos, com preços mais acessíveis que em acomodações tradicionais.
Além dos meios de hospedagens mais comuns, no site você também encontra experiências inusitadas para deixar sua viagem ainda mais interessante. É possível, por exemplo, dormir em uma casa-barco em Amsterdã, chamadas de houseboat, pernoitar em um apartamento localizado nos canais de Veneza, alugar um trailer na Califórnia, um veleiro na Europa ou até mesmo se hospedar nas avenidas mais movimentadas de Nova York, Londres, Roma ou Berlim.


É confiável reservar no Airbnb?

Sim. É confiável reservar no Airbnb. Alguns requisitos são mantidos e atualizados frequentemente pela empresa, com objetivo de garantir total segurança para os hóspedes e anfitriões. Como precaução, todos os hóspedes e anfitriões são certificados e contam com uma documentação aprovada, assim como em outros aplicativos de economia compartilhada. A plataforma reúne hóspedes com anfitriões de diferentes países, mas tudo de forma organizada, com um sistema de reserva, aplicativo e atendimento ágil. Atualmente a plataforma conta com filiais em diferentes países, inclusive no Brasil. São milhões de usuários no mundo todo que usam o Airbnb para receber hóspedes.

Na plataforma o viajante pode reservar um apartamento completo por alguns dias, uma casa, uma experiência ou escolher apenas um quarto privativo mais econômico. A dinâmica funciona basicamente como outro meio de hospedagem para temporada, tem o horário de check in e check out, hospedagens em diferentes cidades do mundo e acomodações avaliadas por turistas, seguindo um padrão de qualidade para que os anfitriões mantenham critérios rigorosos para limpeza, segurança, comodidades e bom atendimento.
Mas, um pouco diferente de um hotel, não há serviço de quarto ou recepção 24 horas, embora, dependendo da hospedagem, pode ter café da manhã, Wi-Fi, lavanderia, piscina, áreas de lazer, entre outras comodidades para os hóspedes. Nela você pode alugar uma casa completa, com cozinha equipada, sala, internet e outros espaços dependendo da sua escolha. Essa pode ser uma opção mais econômica para quem viaja sozinho ou mesmo para quem viaja em grupo, já que há opção de alugar uma casa completa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
TRE/MS realiza audiência para tratar da biometria em Terenos
CESSÃO ONEROSA
Congresso aprova projeto que garante R$ 34,6 bi à Petrobras
CAPITAL
Falso repórter engana treinador de futebol com entrevista e clona WhatsApp
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde prorroga período de inscrições
NOVA ALVORADA
Homem esfaqueou pastor porque ele ‘fomentava’ separação, diz polícia
REFORMA APROVADA
Ponto a ponto: saiba o que vai mudar nas aposentadorias
TRÊS LAGOAS
Homem atira para matar ex-mulher e acaba baleando dono de restaurante
MÚSICA
Livro sugere que Raul Seixas entregou Paulo Coelho à ditadura
MEIO AMBIENTE
PMA usa satélite e drone para autuar infrator por desmatamento
RECURSOS
Nelsinho Trad entrega relação das emendas de bancada federal de MS

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
TRÁFICO
Economista e corretor são presos com mais de 30kg de cocaína