Menu
Busca quinta, 24 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Projeto Fazendinha traz crianças à 47ª Expoagro

18 maio 2011 - 12h32

O Parque de Exposições João Humberto de Carvalho recebeu hoje (18) pela manhã a visita de crianças e professores das escolas Antônia Candido de Melo do Parque das Nações II, em Dourados e Escola Municipal Indígena Joãozinho Carapé Fernandes, de Douradina. A atividade, que é uma iniciativa do Sindicato Rural e Projeto Fazendinha, além de proporcionar às crianças um contato com esse ‘universo’ da Expoagro, também ofereceu atendimento dentário.

Logo que chegaram ao parque de exposições as crianças se encantaram com todo o maquinário que está em exposição e principalmente com os animais. Para o professor Nelson Pinto Costa, da escola Antônia Candido de Melo, essa atividade é muito importante paras seus alunos, pois além de envolver as matérias que eles estudam em classe, como Geografia e Ciência, possibilita também um desenvolvimento intelectual e contato com coisas que não fazem parte do seu dia-a-dia. “Como nossa escola é de periferia, muitas dessas crianças nunca tiveram contato com toda essa tecnologia das máquinas e nem com os animais, isso vai ajudar muito a eles”, disse.

Os alunos de ambas as escolas tiveram que produzir um texto sobre a visita ao parque, a diretora da escola Indígena Joãozinho Carupé Fernandes, Mirta Eliceche Lima, conta que isso auxilia para que as crianças se expressem melhor, já que muitas têm dificuldade, mas também faz com que elas desenvolvam novas perspectivas. “Ver tudo isso vai fazer com que eles percebam que podem trabalhar nas terras que possuem, plantar ou criar gado, por exemplo”, afirma.

As crianças também participaram do projeto PingoD’água, que é desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), onde tiveram atendimento dentário e orientações de como cuidar da saúde bucal.

No fim do passeio todos conheceram os serviços do projeto Fazendinha, que apesar de ser desenvolvido apenas com adultos, também traz muitas informações para as crianças. Katiuce Ariana de Melo, estagiária no Sindicato Rural de Dourados, fala que é importante passar as informações para os alunos, para que eles as passem para os pais. “Tudo que criança vê ou aprende, corre para mostrar para os pais, e isso é importante para que eles saibam dos projetos do Fazendinha e se informem mais”, contou.

Outro ponto que atraiu as crianças foi o parque de diversões, que mesmo desligado durante o dia, atraiu a atenção dos pequenos que em sua maioria ainda não tiveram a oportunidade de ir conhecer a um.

(Colaborou Jhonatan Xavier, do curso de Jornalismo da Unigran)

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SHOWBIZZ
Ex-BBB Michelly Crisfepe exibe barriga esculpida na web e recebe elogios
PAGAMENTO
Justiça suspende auxílio-mudança de parlamentares reeleitos
SAÚDE
Menino de 5 anos é diagnosticado com leishmaniose em Campo Grande
ECONOMIA
Aéreas brasileiras transportaram 103 milhões de passageiros em 2018
COXIM
Mulher não consegue falar com marido que é encontrado morto pela filho
UFGD
Concursos para docentes e técnicos divulgam candidatos isentos
ECONOMIA
Secretaria de Fazenda publica valor atualizado de Uferms para fevereiro
FORÇAS ARMADAS
Polícia recupera pistola de uso restrito desaparecida desde 2016
APRENDIZES-MARINHEIRO
Marinha abre inscrições para concurso com 1 mil vagas em todo país

Mais Lidas

OPERAÇÃO PREGÃO
Ex-secretário de Fazenda João Fava Neto é preso na Capital
POLÍCIA
Rapaz vai parar na cadeia após ser flagrado empinando moto em Dourados
POLÍCIA
Homem é flagrado com mais de 150 kg de cocaína em fundo falso de caminhão
PARANHOS
Sogro de narcotraficante é executado a tiros na região de fronteira