Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221
DECORAÇÃO

Plantas artificiais: entenda como aplicar a tendência em casa

22 fevereiro 2019 - 09h12Por Casa Vogue

Uma das grandes surpresas da Ambiente 2019, feira de decoração em Frankfurt, foi a presença unânime de plantas artificiais nos estandes de marcas de interiores. Mas basta olhar para os feeds do Pinterest e do Instagram, e para o e-commerce da Urban Outfitter, por exemplo, para ver o quanto a tendência é real e oficial.

“Estamos olhando para as plantas há um tempo já, enchemos a nossa casa de verde para reconectar com a natureza. Isso acaba sendo uma grande fonte de inspiração para os designers desenvolverem produtos focados nisso. Portanto, é normal que surjam, nesse momento, outros tipos de plantas que não são as reais”, explica Mauricio Arruda, arquiteto da Todos Arquitetura e apresentador do Decora, na GNT. A presença desse verde nos interiores acaba ajudando na desconexão com o mundo exterior e na reconexão com o nosso próprio universo - inclusive, existem espécies específicas para diminuir o stress.

Não tem como negar, porém, que ainda existe um estigma do passado de que as plantas artificiais são cafonas. Contudo, alguns designers já estão mudando essa imagem negativa, que pode impedir você de investir em um vaso faux em casa. “A gente costuma lembrar daquela planta que tentava reproduzir da maneira mais realista possível uma planta verdadeira. E esse é o grande problema. A grande diferença delas em relação às plantas artificiais de hoje em dia é a perfeição”, diz Mauricio. “A planta real nunca é 100% perfeita, ela tem algumas folhas amarelas, secas; nenhum arranjo de flor tem rosas exatamente iguais. As plantas hiper realistas agora buscam essa imperfeição para ter um visual mais real.”

Além das hiper realistas, o arquiteto ainda ressalta a existência de outros modelos, mais contemporâneos. As versões monocromáticas, de papel, de feltro, com tintas, combinações absurdas que beiram o surrealismo - “É falar sobre plantas de um jeito mais cool” - podem render decorações incríveis. “O primeiro passo para usá-las em casa é não ter medo de ousar. Depois, é interessante fazer um jogo entre as plantas reais e as artificiais onde você achar melhor, criando layers de cores e texturas. Usar apenas as artificiais hiper realistas apenas em ambientes que sejam impossíveis de cultivar as verdadeiras, com pouca luz, por exemplo”, indica Mauricio. Para hotéis e restaurantes, as versões artificiais são ótimas para otimizar a tarefa do cultivo e manutenção, e ainda garantem um visual mais aconchegante para o estabelecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia
VELOCIDADE
Lewis Hamilton garante a pole para o GP de Mônaco de Fórmula 1
REITOR
Justiça Federal cassa liminar e lista tríplice da UFGD volta a valer
HOJE
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
MS
Carga de cigarro avaliada em R$ 1,5 mi é apreendida na MS-345
POLÍTICA
Ricardo Ayache assume o comando do PSB em Mato Grosso do Sul
CAPITAL
Dupla é presa vendendo ecstasy, LSD, maconha e cocaína pelo Whatsapp
SHOWBIZZ
Marina Ruy Barbosa vai processar empresária de Xuxa por difamação
FUTEBOL
Paranhos sedia neste sábado a 4ª rodada da Copa Assomasul

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã