Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
DECORAÇÃO

Plantas artificiais: entenda como aplicar a tendência em casa

22 fevereiro 2019 - 09h12Por Casa Vogue

Uma das grandes surpresas da Ambiente 2019, feira de decoração em Frankfurt, foi a presença unânime de plantas artificiais nos estandes de marcas de interiores. Mas basta olhar para os feeds do Pinterest e do Instagram, e para o e-commerce da Urban Outfitter, por exemplo, para ver o quanto a tendência é real e oficial.

“Estamos olhando para as plantas há um tempo já, enchemos a nossa casa de verde para reconectar com a natureza. Isso acaba sendo uma grande fonte de inspiração para os designers desenvolverem produtos focados nisso. Portanto, é normal que surjam, nesse momento, outros tipos de plantas que não são as reais”, explica Mauricio Arruda, arquiteto da Todos Arquitetura e apresentador do Decora, na GNT. A presença desse verde nos interiores acaba ajudando na desconexão com o mundo exterior e na reconexão com o nosso próprio universo - inclusive, existem espécies específicas para diminuir o stress.

Não tem como negar, porém, que ainda existe um estigma do passado de que as plantas artificiais são cafonas. Contudo, alguns designers já estão mudando essa imagem negativa, que pode impedir você de investir em um vaso faux em casa. “A gente costuma lembrar daquela planta que tentava reproduzir da maneira mais realista possível uma planta verdadeira. E esse é o grande problema. A grande diferença delas em relação às plantas artificiais de hoje em dia é a perfeição”, diz Mauricio. “A planta real nunca é 100% perfeita, ela tem algumas folhas amarelas, secas; nenhum arranjo de flor tem rosas exatamente iguais. As plantas hiper realistas agora buscam essa imperfeição para ter um visual mais real.”

Além das hiper realistas, o arquiteto ainda ressalta a existência de outros modelos, mais contemporâneos. As versões monocromáticas, de papel, de feltro, com tintas, combinações absurdas que beiram o surrealismo - “É falar sobre plantas de um jeito mais cool” - podem render decorações incríveis. “O primeiro passo para usá-las em casa é não ter medo de ousar. Depois, é interessante fazer um jogo entre as plantas reais e as artificiais onde você achar melhor, criando layers de cores e texturas. Usar apenas as artificiais hiper realistas apenas em ambientes que sejam impossíveis de cultivar as verdadeiras, com pouca luz, por exemplo”, indica Mauricio. Para hotéis e restaurantes, as versões artificiais são ótimas para otimizar a tarefa do cultivo e manutenção, e ainda garantem um visual mais aconchegante para o estabelecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Namorada de Enzo Celulari, Victória Bartelle se refresca em dia de sol
POLÍCIA
PF suspende inquéritos que usam dados do Coaf sem aval da Justiça
BRASIL
ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo dos caminhoneiros
CORUMBÁ
Médico suspeito de cobrar por cirurgia no SUS é denunciado por abuso sexual
JUDICIÁRIO
Goleiro Bruno obtém progressão de pena para o regime semiaberto
TECNOLOGIA
UEMS oferece curso gratuito de informática básica em Dourados
SAPUCAIA
Motocicleta furtada é recuperada e condutor é preso por receptação
DESVIOS DA PETROBRAS
Ex-sanador Romero Jucá e Sérgio Machado viram réus na Lava Jato
ELDORADO
Falsa farmacêutica participava de campanhas e vacinava pacientes
JUDICIÁRIO
Vítima de agressões de ex-marido será indenizada por danos morais

Mais Lidas

DOURADOS
Execução de comerciante douradense foi “comemorada” com tiros em bairro da periferia
DOURADOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov
DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
POLÍCIA
Polícia prende ladrão de moto e descobre ‘boca de fumo’ no Dioclécio Artuzi