Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 9860-3221
DECORAÇÃO

Plantas artificiais: entenda como aplicar a tendência em casa

22 fevereiro 2019 - 09h12Por Casa Vogue

Uma das grandes surpresas da Ambiente 2019, feira de decoração em Frankfurt, foi a presença unânime de plantas artificiais nos estandes de marcas de interiores. Mas basta olhar para os feeds do Pinterest e do Instagram, e para o e-commerce da Urban Outfitter, por exemplo, para ver o quanto a tendência é real e oficial.

“Estamos olhando para as plantas há um tempo já, enchemos a nossa casa de verde para reconectar com a natureza. Isso acaba sendo uma grande fonte de inspiração para os designers desenvolverem produtos focados nisso. Portanto, é normal que surjam, nesse momento, outros tipos de plantas que não são as reais”, explica Mauricio Arruda, arquiteto da Todos Arquitetura e apresentador do Decora, na GNT. A presença desse verde nos interiores acaba ajudando na desconexão com o mundo exterior e na reconexão com o nosso próprio universo - inclusive, existem espécies específicas para diminuir o stress.

Não tem como negar, porém, que ainda existe um estigma do passado de que as plantas artificiais são cafonas. Contudo, alguns designers já estão mudando essa imagem negativa, que pode impedir você de investir em um vaso faux em casa. “A gente costuma lembrar daquela planta que tentava reproduzir da maneira mais realista possível uma planta verdadeira. E esse é o grande problema. A grande diferença delas em relação às plantas artificiais de hoje em dia é a perfeição”, diz Mauricio. “A planta real nunca é 100% perfeita, ela tem algumas folhas amarelas, secas; nenhum arranjo de flor tem rosas exatamente iguais. As plantas hiper realistas agora buscam essa imperfeição para ter um visual mais real.”

Além das hiper realistas, o arquiteto ainda ressalta a existência de outros modelos, mais contemporâneos. As versões monocromáticas, de papel, de feltro, com tintas, combinações absurdas que beiram o surrealismo - “É falar sobre plantas de um jeito mais cool” - podem render decorações incríveis. “O primeiro passo para usá-las em casa é não ter medo de ousar. Depois, é interessante fazer um jogo entre as plantas reais e as artificiais onde você achar melhor, criando layers de cores e texturas. Usar apenas as artificiais hiper realistas apenas em ambientes que sejam impossíveis de cultivar as verdadeiras, com pouca luz, por exemplo”, indica Mauricio. Para hotéis e restaurantes, as versões artificiais são ótimas para otimizar a tarefa do cultivo e manutenção, e ainda garantem um visual mais aconchegante para o estabelecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Menor é apreendido na BR-163 com veículo furtado
BRASIL
Comissionado que não atender critério de idoneidade será exonerado
DOURADOS
Essência de nargilé contrabandeada é apreendida em veículo
DOURADOS
Inscrições para corrida e caminhada Ginaslouquinhos terminam hoje
POLÍCIA
Carro roubado em SP é recuperado em Dourados
MS
Decreto disciplina manejo do solo nas propriedades rurais de Bonito e Jardim
ARTIGO
S.O.S. contra o suicídio
COZINHA EXPERIMENTAL
Primeiro curso de 2019 leva receitas para eliminar toxinas do organismo
DIA MUNDIAL DA ÁGUA
Água é considerada boa em apenas 6,5% dos rios da Mata Atlântica
IRREGULARIDADE
Fiscalização retira de circulação micro-ônibus não autorizado de transporte de trabalhadores

Mais Lidas

DOURADOS
Tripla colisão deixa dois feridos em cruzamento movimentado
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
RIO BRILHANTE
Dono de oficina baleado pela manhã morre no Hospital da Vida
OPERAÇÃO PREGÃO
Investigações apontam assinatura de morta em contrato de empresa de refrigeração com prefeitura