Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 9860-3221
PIAUÍ

Parque da Serra da Capivara ganha museu e espaço reúne acervo sobre a caatinga

09 janeiro 2019 - 08h51Por Férias Brasil

Inaugurado em dezembro de 2018, o Museu da Natureza, no Piauí, pretende contar a história da caatinga, onde está situado, desde a época dos primeiros fósseis encontrados até os dias atuais.
 
O espaço fica no Parque Nacional da Serra da Capivara e seu acervo conta com uma coleção de fósseis que datam de até 10 mil anos, todos encontrados na região. A curadoria é de Marcello Dantas, que também trabalhou no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.

A área do parque concentra o maior número de sítios arqueológicos das Américas: são mais de mil, dos quais aproximadamente 200 também estão abertos à visitação.

Curiosidades e experiências

Com formato espiral e dois pavimentos, o museu se estende por cerca de quatro mil metros quadrados no município de Coronel José Dias. As cidades mais próximas com aeroportos são Teresina, capital do estado, que fica a 500 km e Petrolina, em Pernambuco, distante cerca de 300 km.

Além de artefatos da região, o acervo também conta com fósseis de animais que hoje só existem no Bioma Amazônia. O visitante poderá percorrer 12 salas, que falam também sobre o surgimento do universo, o nascimento do planeta, além do desenvolvimento da vida, iniciado há 3,5 bilhões de anos.

O museu oferece ainda uma série de experiências interativas aos visitantes, com diferentes recursos tecnológicos, como projeções e realidade aumentada, e conta com auditório, sanitários, restaurante, loja, reserva técnica e instalações administrativas.

Parque Nacional da Serra da Capivara

Declarado patrimônio cultural da humanidade pela Unesco em 1991 e tombado pelo Iphan, o Parque Nacional Serra da Capivara foi criado em 1979 na caatinga e nos planaltos de arenito. Sua área de 129 mil hectares e 214 km de perímetro ocupa parte dos municípios de São Raimundo Nonato (maior centro urbano da região), João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias.

No parque, ainda se destacam as pinturas rupestres pré-históricas – algumas com mais de 25 mil anos –, características da região além do Museu do Homem Americano, que expõe vestígios da ocupação humana pré-histórica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Curso de Libras Básico I abre inscrições nesta segunda-feira
JUSTIÇA
TRF-2 liberta segundo preso na operação que prendeu Temer
RIO NEGRO
Homem é assassinado com facada no peito durante briga em bar
INFORME PUBLICITÁRIO
Brasileiros rumo a Israel com foco em Agronegócio e Tecnologia
TEMPO
Segunda-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
UAUUUUU!!
Anitta surge de tapa-sexo para divulgar novo álbum visual
LEGISLATIVO
Agenda: Capacitação, encontro de vereadoras e audiência pública movimentam semana
RESSOCIALIZAÇÃO
Com foco na psicologia, projeto prepara detentos para a liberdade
DIREITOS HUMANOS
Comissão debaterá Reforma da Previdência terça-feira no Senado
CONTRABANDO
Carro lotado de 'muamba' é apreendido na MS-276

Mais Lidas

TRÂNSITO
Homem morre após ser atropelado por motorista que fugiu do local do acidente
RIO BRILHANTE
Homem é assassinado após matar e comer galo do vizinho
CAMPO GRANDE
Sequestro termina com suspeito morto em troca de tiros com a polícia
DOURADOS
Mulher é presa tentando entrar na PED com drogas escondidas na vagina