Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905
FOLIA

Marcado pela animação dos ritmos pernambucanos, o Carnaval é em Olinda e Recife

25 fevereiro 2019 - 09h25Por Férias Brasil

Marcado pela animação dos ritmos pernambucanos, o Carnaval na região dá sinais de vida algumas semanas antes da data oficial. Na capital, trios ao som de frevo arrastam foliões pela praia de Boa Viagem. Já em Olinda, o desfile do bloco das Virgens do Bairro Novo avisa que a festa já começou.

A multidão se reúne de verdade no manhã do sábado de Carnaval, com o tradicional e gigantesco bloco do Galo da Madrugada. O desfile pelas ruas do Centro de Recife é acompanhado por mais de um milhão de pessoas. Até a Quarta-Feira de Cinzas, é Momo quem comanda os agitos que se espalham pelo Pátio de São Pedro, Marco Zero, Praça do Arsenal da Marinha, Avenida Guararapes... cenários para apresentações de artistas, orquestras e bandas locais consagradas. 

Já o cais da rua da Alfândega, às margens do Rio Capibaribe, é o palco do inusitado Festival Rec Beat, que há mais de dez anos promove um encontro da música tradicional com as novas tendências, além de reunir irreverentes blocos. O clima descontraído e com ares circenses ganha ainda o colorido das fantasias dos jovens foliões. Outro evento emocionante do Carnaval recifense é a “Noite dos Tambores Silenciosos”, realizada na virada de domingo para segunda-feira, no Pátio do Terço (Recife Antigo). O ritual, que mistura a tradição do candomblé com os maracatus, é uma homenagem aos escravos. Na ocasião, as luzes são apagadas e um babalorixá preside o ritual com orações e cântigos a xangô, acompanhado por batidas de tambores, dançarinos e figuras religiosas.

Já Olinda se transforma em um grande baile a céu aberto ao som de orquestras de pau-e-corda, maracatu, caboclinho, ciranda e coco-de-roda, reunindo pierrôs, colombinas e, claro, os bonecos gigantes, que desfilam pelas ladeiras da cidade. O ponto de encontro dos blocos – os mais concorridos são Elefante e Pitombeira dos Quatro Cantos – é na esquina conhecida como Quatro Cantos, entre as ruas Prudente de Moraes, do Amparo, Bernardo Vieira de Melo e Ladeira da Misericórdia. A festa termina na quarta-feira com o tradicional desfile do Bacalhau do Batata. 

O melhor da folia do Recife e de Olinda é que todos os eventos são gratuitos. Não é preciso comprar abadás ou fantasias para participar da democrática festa. Basta alegria e muita disposição!

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Professora tem moto furtada no IV Plano
PEDRO JUAN
Prefeito paraguaio termina isolamento, mas está proibido de deixar país
POLÍTICA
Defesa de suplente vai à Câmara e pede cassação de vereador
COSTA RICA
Casal é assassinado dentro de casa; ex-namorado é principal suspeito
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e vai a R$ 5,38
EDUCAÇÃO
Professor douradense publica 4 ª edição de livro de Direito Internacional
DATAFOLHA
Rejeição a Bolsonaro aumenta após vídeos de reunião ministerial, afirma pesquisa
PESCA PREDATÓRIA
Policiais apreendem redes de pesca e anzóis de galho em rios de MS
BRASIL
Covid-19: planos de saúde incluirão mais 6 exames na lista obrigatória
8H ÀS 12H
Três agências da Caixa abrem em Dourados neste sábado para saque de auxílio

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher