Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
DICA DE VIAGEM

Lençóis Maranhenses: o que fazer?

19 dezembro 2018 - 10h58Por Viaje na Viagem

Barreirinhas, a 'capital' dos Lençóis maranhenses, é a base que oferece os passeios mais diversificados e mais em conta. Santo Amaro aparece como a porta de entrada para as lagoas que permanecem cheias por mais tempo, até iniciozinho de outubro. Atins funciona como a praia dos Lençóis -- e depois que as lagoas secam (fim de setembro), a temporada continua até dezembro, graças aos ventos que trazem os kitesurfistas.

Na temporada, várias agências oferecem saídas diárias dos principais passeios. É só passar no centrinho da cidade, próximo à beira-rio, e reservar na véspera. (A maioria dá para reservar até no mesmo dia). É bastante provável que a sua pousada ofereça esses passeios a você já no e-mail de confirmação de reserva.

Todos os passeios às lagoas de Barreirinhas envolvem alguma caminhada: é preciso subir e descer dunas sob o sol. Não são atividades recomendadas para crianças pequenas ou pessoas com mobilidade reduzida.

Circuito Lagoa Bonita

No início da temporada, quando as lagoas estão ainda cheias, este passeio proporciona o mais belo panorama que se pode ter dos Lençóis Maranhenses sem embarcar num aviãozinho.

Depois de atravessar o rio de balsa e rodar meia hora no areião, pela mata, a jardineira estaciona atrás de uma duna de 70 metros. A escalada conta com a ajuda de uma cordinha instalada no trecho final. Lá de cima, você consegue avistar pelo menos 8 lagoas entre dunas. É um espetáculo.

Depois de contemplar a vista 'de sobrevôo', o seu grupo vai partir por um circuito livre de uma hora e meia entre as dunas, com uma ou duas paradas para banho. No caminho, você avistará dunas e lagoas sem ninguém em quadro, e vai fazer suas melhores fotos dos Lençóis. Nos passeios vespertinos, ao final do circuito todos ficam a meia hora final no alto da primeira duna, assistindo ao pôr do sol.

Circuito Lagoa Azul

Este é o circuito de lagoas Barreirinhas que costuma ter lagoas com bom volume d'água por mais tempo. Uma frota de jardineiras atravessa o Preguiças de balsa e percorre trilhas no areião por 45 minutos até chegar ao ponto de desembarque.

Há pelo menos três paradas para banho. Vendedores de água e picolé aguardam os banhistas na margem.

Lagoa da Esperança

É vendida como a única que não seca. E de fato, é uma lagoa perene e pode ser visitada o ano inteiro. Só tem um detalhe: não é cercada de dunas por todos os lados. O paredão de areia existe só de um lado; a outra margem tem mata.

De voadeira pelo rio Preguiças

É o passeio clássico de Barreirinhas: uma voadora (lancha baixa) percorre o ziguezagueante rio Preguiças em direção ao mar. A paisagem começa com mangue altíssimo nas duas margens; aos poucos, as dunas vão aparecendo, primeiro na margem esquerda, depois na margem direita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Tereza Cristina demite ouvidor do Incra ligado ao PT
RODOVIA
Motorista que causou acidente com 3 mortes cometeu suicídio, diz PRF
EMPREGO
Funtrab tem mil oportunidades de emprego para trabalhadores da cultura da maçã
ENSINO
Faculdades do Senai da Capital e Dourados encerram dia 8 as inscrições do vestibular para 7 cursos superiores
FUTEBOL
Operário vence o Corumbaense por 2x0 na estreia do Campeonato Estadual
DOURADOS
Município troca interino na Secretaria de Obras Públicas
TV
Globo hostiliza jornalismo da Record e insinua parcialidade com Jair Bolsonaro
BALANÇO
Metade das prefeituras gastam menos de R$ 403 ao ano na saúde
CAMPO GRANDE
Três pessoas ficam feridas após atropelamento na Capital
SAÚDE
Grávidas que respiram ar poluído têm maior risco de aborto espontâneo, diz estudo

Mais Lidas

IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros
FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica